Goiânia recebe peça “umnenhumcemmil”, com Cacá Carvalho

  • (Foto: Lenise Pinheiro)
Conhecido nacionalmente por dois papéis realizados nas novelas Torre de Babel (1998) e Belíssima (2005), escritas por Sílvio de Abreu, há mais de 20 anos, o ator Cacá Carvalho está vivendo um processo de tradução das obras de Luigi Pirandello para o Teatro. “”umnenhumcemmil”” é mais um projeto entre a Casa Laboratório para as Artes do Teatro e Fondazione Pontedera Teatro / Itália. O primeiro espetáculo foi ““O Homem com a Flor na Boca””, em 1993, seguido de “A Poltrona Escura”, em 2003. Agora ele nos traz “umnenhumcemmil”, baseado no romance “”Um, Nenhum e Cem Mil””, cuja adaptação foi traduzida pelo próprio Cacá Carvalho. Todos em parceria com o diretor italiano Roberto Bacci, o dramaturgo Stefano Geraci, além de outros profissionais da Fondazione Pontedera Teatro, na Itália.

Em “”umnenhumcemmil””, o personagem está à procura de sua real identidade, diferente da que encara diante dos outros, de si mesmo frente ao espelho e ainda de como as outras pessoas o veem. O enredo traz a história de Vitângelo Moscarda, o Gengé, que um dia diante de um espelho ouve de sua esposa um divertido comentário sobre o seu nariz que “cai” para a direita. Sem nunca ter notado este fato, ele começa a questionar-se dos porquês que ele nunca se enxergou como todos o enxergavam. Nesta busca de entender-se, ele decide fazer um autoexperimento que consiste na destruição da própria imagem social, convertendo-se de homem rico e bem-sucedido a um simples ajudante de limpeza numa casa de repouso construída sob seu patrocínio, onde ele se interna. Assim, o protagonista deixa de ser um e passa a ser nenhum.

Deixe um comentário


Confira também