Celebração do amor à São Paulo empolga mais de 2 milhões de participantes do Réveillon na Paulista

Segundo a Polícia Militar, mais de 2 milhões de pessoas participaram do Réveillon na Paulista, uma realização da Prefeitura de São Paulo e da Playcorp, com apoio da SPTuris, que teve como tema o amor por São Paulo. Subiram ao palco, com mais de mil metros quadrados e 22 metros de altura grandes nomes da música nacional. Tiê abriu a festa com sucessos recentes de novelas como Avenida Brasil e teve a companhia de Mc Dendê. Já a dupla Fernando e Sorocaba homenageou o amor pela Cidade com Trem das Onze, em ritmo de samba. A irreverência da Banda Blitz, com sucessos como Geme Geme e Dois Passos do Paraíso, e o rock dos Titãs, de Cabeça Dinossauro aFamília, empolgou o público. A baiana Daniela Mercury apresentou músicas como O Canto da Cidade, escolhida pelo público em votação na internet e surpreendeu com o hino nacional, antes da contagem regressiva.
O evento foi apresentado pela atriz Nanda Costa, a Morena de Salve Jorge, com entrevistas de bastidores da jornalista Amanda Françozo e para encerrar a comemoração, os DJs Mau Mau e Zé Pedro transformaram a avenida mais bonita da Cidade em uma grande balada. E, para garantir a interatividade com o público, os organizadores promoveram ação na qual era possível enviar mensagens alinhadas com o tema: “o Amor por São Paulo” que eram exibidas no palco do evento.
Pessoas que estavam a um raio de mais de dois quilômetros curtiram todos os momentos dos shows, por meio de 13 telões de LED de alta definição que permitiram a visualização de tudo que acontecia no palco, sem perda de qualidade de som e imagem.
De acordo com a Polícia Militar, a comemoração pela chegada de 2013 foi tranquila apesar do grande número de participantes. De acordo com o tenente coronel João Luiz de Campos, comandante responsável pela operação, não houve registro de nenhuma ocorrência policial no evento. Parte disso deve-se ao esquema de segurança do evento, que reuniu mais de 2,8 mil profissionais, entre PM, Guarda Civil Metropolitana e seguranças particulares e às potentes câmeras de segurança distribuídas ao longo da avenida.O coronel também informou que não houve, na Avenida Paulista, nenhum caso de apreensão. Com relação à ocorrências médicas, foram registrados apenas 220 atendimentos, considerados normais e sem nenhuma remoção.
Durante a virada do ano, os participantes assistiram à um espetáculo pirotécnico que contou com 100 mil tiros e 7 mil bombas multicoloridas. Uma chuva de confetes metalizados caiu sobre os participantes, durante 15 minutos e contou com fogos de artifício em formato de coração, bombas com mais de 20 mil estrelas de titânio e espetáculo que formou um portal no céu paulistano.
O tradicional Réveillon da Avenida Paulista tem patrocínio máster do Banco do Brasil e do Magazine Luiza, copatrocínio da Petrobras e Brahma, apoio especial da Cielo e apoio cultural da Lei de Incentivo à Cultura e Ministério da Cultura; além de parceria com a Globo São Paulo e apoio de mídia da Globo.com, Editora Globo (Revistas Quem e Época), Folha de S. Paulo e Rádio Metropolitana.

Deixe um comentário


Confira também