Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Projeto Arte Urbana recebe investimento para a valorização da cultura goianiense

“Arte deve estar ao alcance dos olhos de toda a população”, afirma prefeito Rogério Cruz
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Prefeitura de Goiânia promove artistas goianos em espaços públicos com projeto Arte Urbana. - (Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) - Prefeitura de Goiânia)
Prefeitura de Goiânia promove artistas goianos em espaços públicos com projeto Arte Urbana. – (Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia)

Destinado à valorização da cultura goianiense por meio de obras espalhadas pela cidade, Projeto Arte Urbana recebe investimentos na ordem de R$ 500 mil. Exemplares estão expostos no Complexo Viário Jamel Cecílio, Viaduto Iris Rezende Machado e Beco da Codorna, dentre outros locais.

As estruturas do Complexo Viário Jamel Cecílio e do Viaduto Iris Rezende Machado, inauguradas nos meses de maio e junho de 2022, têm cores e formas diferentes das usualmente vistas nas obras similares da capital. Ambas integram o projeto Arte Urbana, da Prefeitura de Goiânia, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) que, ao ilustrar espaços públicos da cidade, promove artistas goianos por meio de grafite e pinturas diversas.

A iniciativa tem o objetivo de estampar estruturas físicas municipais como viadutos, pontes, corredores, praças e parques com obras de grafite e pinturas diversas. O projeto recebeu investimentos da ordem de R$ 500 mil e, além das pinturas realizadas nos dois complexos, abrange a revitalização do Beco da Codorna, museu de arte urbana a céu aberto, no Centro de Goiânia.

(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) - Prefeitura de Goiânia)
(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia)

De acordo com a Secult, o objetivo é que novos espaços recebam as pinturas, a partir de estudos das obras pela pasta, em conjunto com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) e Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg).

O prefeito Rogério Cruz explica que o “projeto contribuirá artisticamente com a estética destas obras, e colocará a arte ao alcance dos olhos de quem passa pelos locais”. “Vai ao encontro da política de valorização da cultura local, da arte urbana e do acesso isonômico às oportunidades”, completa.

(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) - Prefeitura de Goiânia)
(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia)

Cruz lembra que a arte urbana está presente nas ruas e prédios de toda a cidade. “Goiânia é uma galeria de arte a céu aberto, pois, além de sermos o segundo conjunto arquitetônico em estilo Art Déco do mundo, temos pinturas expostas em prédios do Centro, Jardim Goiás, Setor Sul, então, por que não valorizá-las em nossas obras, parques e praças públicas?”, reflete.

O secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, esclarece que os artistas interessados em participar do projeto podem se manifestar pelo Credenciamento de Artistas, lançado na última sexta-feira (10/06). “Basta que preencham o cadastro e indiquem sua área de atuação, além de incluir portfólio com as artes já produzidas, para conhecermos um pouco do trabalho que realizam”.

Arte valorizada

(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) - Prefeitura de Goiânia)
(Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia)

Na última sexta-feira (10/06), Rogério Cruz lançou o Credenciamento de Artistas, ambiente digital estruturado para cadastro e inscrição nos eventos do Calendário Cultural de Goiânia. Na prática, o credenciamento facilita o cadastro do artista, aprimora transparência nos processos de contratação e pagamento, e forma um banco de dados cultural.

No sábado (11/06), anunciou projeto para revitalizar o Beco da Codorna. O local vai receber nova iluminação, melhoria no asfalto e outros benefícios, em ação que faz parte do programa de revitalização da região central da capital. Durante a visita, o prefeito afirmou que a intenção é aplicar o conceito de morar, trabalhar e se divertir no Centro de Goiânia.

Segundo ele, “há belos painéis de arte urbana, feitos por artistas da nossa cidade, então, o objetivo é fazer com que a arte do Beco da Codorna seja conhecida em todo mundo”.