Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Stock: Aumento da potência dos motores anima Sérgio Jimenez e Guga Lima na etapa de Goiânia

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Guga Lima vê Stock mais emocionante com motor de 500 hp  (Foto: Vanderley Soares)

Palco da primeira etapa do ano, o autódromo internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), volta a receber a principal categoria do automobilismo nacional e desta vez com uma grande novidade. Na prova deste domingo (dia 19), a 11a e penúltima da temporada 2017, os motores dos Stock Car terão 500 hp.

Na Hot Car Competições (Promax Bardahl), Sérgio Jimenez e Guga Lima aprovaram a mudança e estão animados para a prova, que ganhou um nome especial: Goiânia 500. Anteriormente, dependendo do autódromo, os carros chegavam a até 450 hp e a alteração nos motores deve gerar mudanças nas estratégias, já que pode aumentar em 20% o consumo de combustível e provocar maior desgaste dos pneus.

Jimenez (à esquerda) conversa com o chefe de equipe Amadeu Rodrigues  (Foto: Vanderley Soares)

“É uma novidade muito legal. Sou a favor de mais potência e acho que vamos ter ótimas corridas. Os desgastes do carro e pneus serão maiores e fará com que os pilotos tenham de pensar mais durante a prova”, comentou Jimenez, que vem empolgado por um Top-10 na Stock, na última etapa em Tarumã (RS), e também por uma vitória na Porsche Cup, justamente em Goiânia, no mês passado.

“Venho de uma vitória no circuito, então estou bem entrosado com a pista. Vamos torcer para o carro estar competitivo para que possamos fazer um bom trabalho”, finalizou o paulista do Stock #73.

Para Guga Lima, piloto mais jovem da Stock Car com 21 anos, correr em Goiânia é ainda mais especial pela proximidade com Brasília, onde o piloto vive desde os primeiros meses de vida.

“Goiânia é a nossa corrida ‘em casa’, já que infelizmente o autódromo de Brasília está fechado. É onde posso contar com o apoio maior da minha família e amigos. Já é um final de semana que começa diferente por este motivo. É uma pista bem legal, que eu gosto muito e onde espero ter um resultado bom para terminar o ano em alta. Vamos trabalhar forte desde o começo e torcer para que tudo dê certo”, declarou o piloto do Stock #9, que também prevê muita emoção com o aumento da potência do motor.

“Essa mudança, com potência a mais, vai ser muito legal. Os carros estarão mais rápidos e a adrenalina vai aumentar mais ainda”, finalizou Lima.

O chefe de equipe, Amadeu Rodrigues, também está animado e confiante. “Revisamos os dois carros depois de Tarumã, passamos os motores no dinamômetro e está tudo 100% para a corrida. Agora é trabalhar nos detalhes de acerto e na estratégia, já que essa mudança nos motores vai refletir no consumo de combustível e desgaste dos pneus. Estamos animados e vamos trabalhar forte para lutar por bons resultados”, completou.

Os treinos livres no traçado de 3.835 metros terão início na sexta-feira (17). No sábado (18), o classificatório será às 13 horas, com transmissão ao vivo pelo SporTV. No domingo, as duas provas terão suas largadas às 13 horas e 14h10, também ao vivo no SporTV.

Sérgio Jimenez gostou da mudança na potência do motor  (Foto: Vanderley Soares)

Guga Lima animado para correr perto de casa  (Foto: Vanderley Soares)

 
Confira a programação para a etapa de Goiânia:
 
Sexta-feira (dia 17)
9h35 às 9h45 – Shakedown Grupo 1
9h50 às 10h00 – Shakedown Grupo 2
10h10 às 10h40 – Treino Livre 1 Grupo 1
10h45 às 11h15 – Treino Livre 1 Grupo 2
12h55 às 13h25 – Treino Livre 2 Grupo 1
13h30 às 14h00 – Treio Livre 2 Grupo 2
 
Sábado (dia 18)
8h55 às 9h25 – Treino Livre 3 Grupo 1
9h30 às 10h00 – Treino Livre 3 Grupo 2
13h00 às 14h00 – Classificatório
 
Domingo (dia 19)
13h00 – Largada Corrida 1 (40 minutos + 1 Volta)
14h10 – Largada Corrida 2 (40 minutos + 1 Volta)
 
Classificação do campeonato (Top-10):
1- Daniel Serra – 289 pontos
2- Thiago Camilo – 279
3- Átila Abreu – 223
4- Felipe Fraga – 222
5- Max Wilson – 203
6- Rubens Barrichello – 198
7- Cacá Bueno – 191
8- Ricardo Maurício – 181
9- Marcos Gomes – 177
10- Gabriel Casagrande – 156
23- Sergio Jimenez – 55
30- Guga Lima – 19