Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

SPFW termina com convênio que beneficiará 8 mil microempresários do setor de moda

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A cenografia da Bienal nesta edição teve como destaque a cor preta, cujo objetivo foi neutralizar o espaço da Bienal

Depois de seis dias e uma maratona de 29 desfiles, dentro e fora da Bienal, chega ao fim hoje (24) a 32ª edição do São Paulo Fashion Week. A edição inverno 2012 do SPFW teve como tema “Pensamentos”, apresentando um viés contemporâneo da cultura brasileira. Esta edição teve como destaque a assinatura do convênio entre o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod) e o Sebrae, por meio do projeto Contextualizar a Moda, que promoverá a inovação nas micro e pequenas empresas do setor, incentivar a conquista de novos mercados, articular e fortalecer a rede de parceiros e estimular a cultura do empreendedorismo nas empresas participantes. A estimativa é de que o projeto alcance cerca de oito mil micro e pequenas empresas de todo o país.

A cenografia da Bienal nesta edição teve como destaque a cor preta, cujo objetivo foi neutralizar o espaço da Bienal. O local também abrigou a exposição “Universo Criativo – Projeto Brasil 02”, que de amanhã (25) a 10 de fevereiro ficará aberta ao público, com entrada gratuita das 10h às 17h. O conceito e cenário da Bienal foram criados pela Luminosidade em parceria com o Estúdio Árvore.

No line up, a estreia foi da marca R.Rossner, que apresentou sua coleção inverno na sexta-feira (20). Pelas passarelas do SPFW passaram a top model e atriz britânica Rosie Huntington-Whiteley, que abriu a temporada com o desfile da Animale; Alessandra Ambrosio, que desfilou para a Colcci no domingo, marca que contou com a presença do ator Ashton Kutcher na primeira fila; Carol Trentini para Alexandre Herchcovitch; o retorno da UMA ao SPFW contou com as presenças de Denise Stoklos, a coreógrafa Vera Sala e a fotógrafa Cristel Runte. Além dos desfiles na Bienal, quatro marcas apresentaram suas coleções em outras locações: Pedro Lourenço em seu ateliê, Reinaldo Lourenço na FAAP, Cavalera na Estação da Luz e Neon no Tucarena/PUC.

Dentro da Bienal, além dos desfiles, o Clube SPFW, que entre os membros reúne formadores de opinião, profissionais, artistas e parceiros que fazem parte da história do maior evento de moda da América Latina, contou

com uma intensa programação, como o lançamento do livro Brazilian Style, de Armand Limnander, com prefácio de Sonia Braga e editado pela Assouline, com textos e imagens que retratam a riqueza da cultura brasileira. Cerca de 120 mil pessoas passaram pelo prédio da Bienal, no parque do Ibirapuera, desde o dia 19 até hoje.

Entre os eventos paralelos ao SPFW destaca-se o lançamento do livro Projeto Brasil 01: Pensamento. A obra compõe uma mostra das diferenças culturais do país, em todas as suas cores e manifestações, a partir de imagens de épocas e estéticas diferentes. Co-produção entre a editora Arte Ensaio e a Luminosidade, “Projeto Brasil 01: Pensamento” tem a proposta de gerar novos conteúdos integrando diferentes segmentos.

O SPFW está hoje entre as principais semanas de moda do mundo, sendo hoje a maior do Hemisfério Sul. Com duas edições anuais, o evento envolve 4.500 trabalhadores (diretos e indiretos) e gera um grande fluxo de visitantes para a cidade de São Paulo, movimentando os segmentos de turismo, hotelaria, serviços, alimentação, transporte e varejo. Cerca de 35% do público do evento vem de fora de São Paulo.

A cidade também recebe neste período mais de 2.000 showrooms de moda, atraindo compradores e gerando um importante momento de comércio de compras. Mais da metade de todo o varejo de moda do País concentra-se em São Paulo. Durante a realização do SPFW, a estimativa é de que o giro de negócios na cidade, por conta do evento, chega a R$ 1,3 bilhão.

A média de jornalistas e profissionais de imprensa na cobertura do evento é de mais de 2.000 nacionais e internacionais cadastrados, de dezenas de países, entre Itália, França, Japão, Estados Unidos, Argentina, entre outros.