Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Banda Sinfônica Jovem de Goiás produzirá concerto com homenagem ao compositor John Williams em Goiânia

A audição conta com repertório de grandes clássicos do cinema mundial
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Com músicas de grandes clássicos do cinema mundial, Banda Sinfônica Jovem de Goiás realiza o concerto
Com músicas de grandes clássicos do cinema mundial, Banda Sinfônica Jovem de Goiás realiza o concerto “Banda no Cinema” – (Foto: Cinthia Oliveira)

Com o objetivo de gerar sentimentos de nostalgia ao público, a Banda Sinfônica Jovem de Goiás realiza o concerto aberto “Banda no Cinema” nesta terça-feira (5).  A audição será realizada no Teatro Escola Basileu França, a partir das 20h. A regência é do maestro Marcos Botelho e a banda conta com dois convidados, o trombonista Regis Jayme e o flautista Richard Lopes.

A primeira parte do concerto será em formação de banda marcial, tendo apenas instrumentos da família da percussão e dos metais. Na segunda parte, sobe ao palco a banda completa em homenagem ao compositor John Williams—a segunda pessoa mais indicada ao Oscar, perdendo apenas para Walt Disney. Em sua carreira soma cerca de 112 prêmios de 220 indicações, sendo o compositor de trilha sonora para filmes mais premiado da história.

Marcos Botelho, explica que “As músicas do cinema entraram desde a década de 1990 no repertório das bandas de música brasileira. Essas músicas foram aos poucos substituindo os trechos de ópera que eram tradicionais. Além das trilhas, de modo geral, serem escritas utilizando-se muitos os instrumentos de sopro e percussão, que são os da banda”.

Ainda de acordo com o maestro, as pessoas que forem assistir o concerto sairão nostálgicas e felizes. Afinal, a escolha do repertório levou em consideração os clássicos do cinema. “Superman e Star Wars, assim como os mais recentes como Jurassik Park e Homem Aranha. Também passaremos pelos desenhos animados, trazendo nossa criança interna, como Frozen e os Incríveis. Mas tem mais ainda, estou somente dando uns spoilers”, diz Marcos Botelho.