Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Thiago Camilo/Raphael Teixeira fica com o título do Special Edition do Dignity Gold GT Sprint Race em Goiânia

Numa disputa incrível com Felipe Batista, Camilo levou a melhor e venceu a corrida 3 e a etapa na categoria PRO. Léo Yoshii (AM) e Antonio Junqueira (PROAM) também ficaram com o título em suas categorias
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Thiago Camilo / Raphael Teixeira, vencedores da corrida três na categoria PRO Fotos: Luciano Santos

A dupla formada por Raphael Teixeira (GO) e Thiago Camilo (SP) venceu a categoria PRO na Special Edition do Dignity Gold GT Sprint Race em Goiânia. O piloto local foi o melhor na Corrida 1, pela manhã, e o paulista ganhou a terceira na tarde deste domingo, garantindo o título geral da etapa para ambos. A conquista de Camilo foi ainda mais especial após o duelo protagonizado por ele e Felipe Batista até a linha de chegada. Camilo completou as 14 voltas com o tempo de 26min05seg715, enquanto Batista ficou a 0s789 e Gerson Campos em terceiro, a 3s732. Na categoria AM, o campeão foi Léo Yoshii, enquanto Antonio Junqueira na PROAM.

#21 Thiago Camilo / Raphael Teixeira

A variedade de situações que o campeonato Dignity Gold GT Sprint Race proporciona é, sem dúvida, uma de suas principais atrações e motivo para atrair tantos pilotos e fãs por todo o país e do exterior. Isso ficou ainda mais evidente neste fim de semana em Goiânia, com a primeira etapa da Special Edition. Em um domingo ensolarado, duas provas, totalmente distintas e repletas de emoção proporcionaram um grande show para o grande público presente ao circuito.

Após a vitória tranquila da Raphael Teixeira pela manhã, na disputa da tarde a situação mudou totalmente. Seu companheiro de equipe Thiago Camilo no GTSR #21 e Felipe Batista no GTSR#77 fizeram um dos mais belos duelos dos últimos anos na Dignity Gold Sprint Race. Largando em terceiro, Camilo pulou para a ponta ainda na primeira volta e abriu em relação aos demais. Porém, acabou perdendo terreno e sendo alcançado pelo adversário.

Os dois passaram a se alternar na ponta e, no final, a entrada do carro de segurança só fez aumentar a emoção. Os carros partiram juntos para a relargada, mas ainda valeu a maior experiência de Thiago Camilo, que soube manter a ponta mesmo sendo pressionado por Felipe. Foi mais uma bela e importante vitória para o piloto paulista, um dos melhores do país na atualidade.

“Foi uma corrida típica de Sprint em Goiânia, com vários carros disputando posições. Sabia que seria duro e ainda, para piorar, fiquei sem direção hidráulica. Sofri bastante com isso, mas acabei usando a experiência para estar junto dele. Consegui uma boa relargada e estou muito feliz com mais essa vitória”, afirmou o vencedor.

Antonio Junqueira, na PROAM, também comemorou muito as duas vitórias no mesmo dia. “Foi um fim de semana bem difícil. Comecei mal por um erro meu, mas pude me recuperar na prova da manhã. A terceira corrida foi pura emoção, pois pude tracionar bem na última curva e ficar com o primeiro lugar por muito pouco. Só tenho a agradecer a todos por essa conquista, que dedico a minha irmã”, declarou o piloto, que venceu por uma diferença de 39 milésimos o segundo, Diogo Moscato.  Lucas Mendes terminou em terceiro.

Outro que vai lembrar para sempre da etapa é Léo Yoshii, campeão da categoria AM. Foram três corridas diferentes, nas quais ele teve manter a tranquilidade para garantir e festejar muito o título. “Goiânia é especial. Foram três grandes corridas e foi uma batalha. Infelizmente rodei na segunda, mas na terceira, que vale, levamos o troféu. Estou super feliz e valeu GT Sprint Race”, disse. O segundo lugar ficou com Luis Debes, enquanto o terceiro foi de Giovani Girotto.

A GT Sprint Race é patrocinada por Dignity Gold e Pirelli, com o apoio de Militec1, TecPads, Fremax, Real Radiadores e Graxa.

Confira o resultado da Corrida 3 – Special Edition (Goiânia/GO):

1) #21 Thiago Camilo /Raphael Teixeira, PRO,  26min05seg715

2) #77 Felipe Baptista /Pedro Costa, PRO, a 0s789

3) #82 Gerson Campos /Lourenço Beirao, PRO, a 3s732

4) #12 Cesar Ramos /Edgar Bueno Neto, PRO, a 4s226

5) #61 Antonio Junqueira, PROAM, a 5s229

6) #54 Diogo Moscato, PROAM, a 5s268

7) #88 Lucas Mendes, PROAM, a 5s520

8) #18 Dudu Trindade, PROAM, a 6s369

9) #37 Ayrton Chorne, PRO, a 6s547

10) #9 Arthur Gama, PROAM, a 7s354

11) #87 Rodrigo Sperafico /Jorge Martelli, PRO, a 8s717

12) #78 Leo Yoshii, AM, a 9s653

13) #19 Luis Debes, AM, a 10s237

14) #72 Giovani Girotto, AM, a 12s738

15) #31 Roberto Possas /Célio Nunes, AM, a 14s042

16) #13 Rafael Dias, PRO, a 14s824

17) #8 Alexandre Kaue /Tiago Kfouri, AM, a 16s929

18) #79 Rafael Seibel, PROAM, a 3 voltas

Não completou 75% da prova:

19) #16 Leo Martins, AM, a 6 voltas

20) #56 Brendon Zonta, PRO, sem tempo

Melhor volta: #21 Thiago Camilo, PRO, 1min37seg631, a 141,410 km/h