“O caminho que inspira”: Sertões BRB 2024 se aventura pelas veredas do coração do Brasil

Roteiro do maior rally das Américas, com largada e chegada em Brasília, levará competidores a atravessar Minas Gerais, Goiás e Bahia ao longo de suas oito etapas. Prova trará novidades técnicas e desportivas
Fotos: Sertões

Três estados (Minas Gerais, Goiás e Bahia) e o Distrito Federal; mais de 3.500 km de percurso, dos quais 2.500 km cronometrados, e novidades para as equipes e competidores. Assim será a 32ª edição do Sertões BRB, o maior rally das Américas. Neste ano, a prova levará motos, carros e UTVs a atravessar o coração do Brasil entre os dias 23 e 31 de agosto sob a inspiração de quem, com maestria, revelou o sertão para o mundo. No lombo de uma mula, Guimarães Rosa percorreu, em 1952, caminhos repletos de histórias e personagens que, quatro anos mais tarde, deram origem ao romance Grande Sertão: Veredas.

E não faltarão veredas no roteiro do Sertões BRB 2024. De Brasília, ele levará pilotos e navegadores a Formosa (GO), já com uma especial extensa e desafiadora. No segundo dia, a prova atravessa território mineiro – justamente a região em que está localizado o Parque Nacional Grande Sertão Veredas – ; e chega a Santa Maria da Vitória (BA), com o mais longo estágio cronometrado desta edição (444 km).

O destino da terceira etapa é Luís Eduardo Magalhães, também na Bahia. Uma região que destaca a pujança do agronegócio brasileiro, elemento ressaltado pelo Sertões BRB. Suas lavouras hoje colaboram de modo significativo com a produção nacional de soja, algodão e feijão, entre outras culturas. Um parque industrial surgido para dar suporte a essa vocação completou o cenário de desenvolvimento econômico e geração de empregos.

Os dois dias seguintes (etapas 4 e 5) trazem as etapas Maratona, em torno de Luís Eduardo, com uma das principais novidades deste ano: enquanto as motos /quadriciclos / UTVs no regulamento da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) estiverem na especial de 411 km, os carros / UTVs das classes Challenger e SSV (regulamento da Confederação Brasileira de Automobilismo / Federação Internacional de Automobilismo) farão o trecho cronometrado de 268 km, o que se inverte no dia seguinte. Isso aumentará a ênfase na navegação, já que haverá menos rastros e referências no terreno.

A caravana começa a fazer o caminho de volta na sexta etapa, com término em Posse (GO). De lá, a penúltima etapa faz com que competidores e equipes retornem a Formosa, de onde largam no último dia para chegar a Brasília, onde serão confirmados os vencedores do Sertões BRB 2024.

Abastecimento

Outra novidade da prova envolve o abastecimento dos veículos, que ficará a cargo da organização ao longo de todo o percurso (exceção feita aos carros da categoria Ultimate T1+, que utilizam combustíveis especiais). Deste modo, as equipes terão uma preocupação a menos, algo ainda mais importante para motos e UTVs, obrigados a reabastecer no meio das etapas.

Além disso, a ordem de largada para as especiais seguirá o que vem sendo adotado no Mundial de Rally Raid. As motos serão as primeiras a partir, seguidas pelos carros mais velozes da Ultimate T1+. Em seguida largam os UTVs no regulamento CBM e o restante dos carros / UTVs no regulamento CBA. A ideia aqui é aumentar a segurança dos últimos competidores com os UTVs, que não precisarão lidar com a chegada de máquinas com velocidade máxima 40 km/h mais alta.

Entre as duas etapas Maratona, quando o trabalho das equipes de apoio é proibido, os competidores, únicos que podem fazer a manutenção dos veículos, passam a contar com 90 minutos para os ajustes necessários.

Tesouros naturais

Ao longo de suas mais de três décadas atravessando as cinco regiões do país, o Sertões BRB ajudou a revelar tesouros naturais desconhecidos da grande maioria dos brasileiros. Não será diferente na edição 2024. O roteiro do maior rally das Américas vai margear o Parque Nacional Grande Sertão Veredas, criado sob inspiração da jornada de Guimarães Rosa que originou o livro de mesmo nome. Com 2.315 km2 de área entre Minas Gerais e Bahia, na região do Chapadão Central, é composto por áreas de floresta e mata de galeria. Em sua fauna, destacam-se a ema; o tamanduá-bandeira, o lobo-guará e do veado-campeiro.

Em Goiás, a caravana atravessará a região em que se localiza o Parque Estadual de Terra Ronca, um dos maiores sítios de cavernas e grutas do país (ao todo são cerca de 260, algumas ainda não mapeadas). Nelas, as formações rochosas, cascatas e espelhos d’água criam paisagens únicas e deslumbrantes.

O Sertões BRB cortará ainda um dos principais cinturões agrícolas do Nordeste. Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia, se transformou, ao longo dos últimos 25 anos, em importante polo produtor de soja, algodão e feijão.
Instituto Sertões – ações sociais

Mais uma vez o Sertões BRB leva consigo a preocupação em deixar um legado social concreto e envolver as comunidades das regiões atravessadas, sob o guarda-chuva do Instituto Sertões. O que se dá através de um hub de iniciativas em conformidade com seis dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

O Rally da Educação mais uma vez movimentará estudantes incentivando-os a trabalhar em equipe sob o conceito do DIY (faça você mesmo) para inspirá-los a usar sua capacidade criativa, mostrando que a educação pode ser lúdica e divertida.

O Concurso de Artes Sertões também envolverá as redes públicas de ensino, estimulando os alunos a se expressar sobre um tema ligado ao Rally por meio de desenhos ou redações, conforme a faixa etária.

Ainda no aspecto do ensino, o Instituto Brasil Solidário marcará presença com ações dedicadas aos educadores envolvendo temas como cidadania, meio ambiente e o suporte à defasagem escolar em matemática e língua portuguesa.

O projeto Carência Menstrual tem como objetivo mudar a triste realidade de meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade que, muitas vezes, têm suas atividades comprometidas no período menstrual. Além da distribuição de absorventes e de itens de higiene íntima, palestras e encontros ajudam a difundir a conscientização em relação à saúde feminina.

E se o Brasil são vários, nada mais único de cada região do que a gastronomia. O Concurso Sabores do Sertões estimula restaurantes e bares a criarem pratos que reflitam essa realidade, valorizem ingredientes e tradições culturais. O resultado é avaliado por especialistas e pode ser saboreado pelo público nas Vilas Sertões.

Durante a 32ª edição do Sertões BRB, a organização social SAS Brasil embarcará mais uma vez na rota do maior rally das Américas. Na sua décima segunda participação, a organização levará saúde especializa com alegria para algumas das cidades do percurso. Com suas Unidades Móveis de Saúde, carretas equipadas com consultórios médicos e odontológicos, o grupo de voluntários da SAS Brasil tem a expectativa de realizar 12 mil atendimentos entre os dias 21 a 31 de agosto.Sertões Ambiental

Adrenalina e sustentabilidade podem, e devem andar juntos. Por isso, o Sertões Ambiental desenvolve uma série de ações reunidas sob o conceito “Sete Atos para Manter o Nosso Palco Vivo”. Antes de mais nada, o Sertões BRB será, mais uma vez, um evento Carbono Neutro, em um cálculo que inclui até mesmo os deslocamentos aéreos dos participantes e da organização para chegar e sair de Brasília. Os créditos adquiridos são repassados a projetos de proteção a florestas, ações de preservação e reflorestamento que geram energia sustentável.

Além disso, os resíduos recicláveis  gerados nas Vilas Sertões são recolhidos e destinados de forma correta por cooperativas locais, gerando renda e evitando o descarte de material que pode ser reaproveitável. Nos caminhos atravessados, a equipe de Limpa Trilha recolhe resíduos e componentes deixados pelos concorrentes (como pneus furados, por exemplo). A ação garante a integridade dos locais percorridos por carros, motos e UTVs e estimula o reaproveitamento dos materiais.

Um dos principais resíduos gerados em competições motorizadas, o óleo lubrificante usado é recolhido pelas equipes em bombonas e segue para ser novamente refinado e transformado outra vez em matéria-prima.

O acesso à água potável, um dos principais desafios enfrentados em boa parte do país, também é foco de atenção, com a distribuição de filtros produzidos com materiais simples e baratos, e treinamentos para que as comunidades fabriquem suas próprias unidades. Uma instituição pública de ensino será selecionada ainda para receber uma central de tratamento de água e os estudantes contarão com palestras sobre criação de hortas pedagógicas e plantação de mudas.

O voluntariado ambiental também é parte deste esforço, em parceria com universidades, secretarias e diretorias de Meio Ambiente das cidades atravessadas pelo Sertões BRB.

Expedições Sertões

Os amantes do turismo de aventura mais uma vez poderão viver a emoção do Sertões BRB a bordo de sua moto ou veículo 4×4. As Expedições Sertões são destinadas a quem quer viver momentos únicos e desbravar as belezas ao longo do percurso do rally sem a pressão da competição. Os operadores credenciados contam com vasta experiência off-road e, ao longo do roteiro, é possível ainda entrar no clima da Vila Sertões e mergulhar na gastronomia e cultura regionais.

As etapas

23/8 – Prólogo / Super Prime: Brasília (DF)

24/8 – Primeira etapa: Brasília (DF) / Formosa (GO)
DI: 55 km / SS: 345 km / DF: 135 km – Total: 535 km

25/8 – Segunda etapa: Formosa (GO) / Santa Maria da Vitória (BA)
DI: 28 km / SS: 444 km / DF: 197 km – Total: 669 km

26/8 – Terceira etapa: Santa Maria da Vitória / Luís Eduardo Magalhães (BA)
DI:  3 km / SS: 336 km / DF: 47 km – Total: 386 km

27/8 – Quarta etapa: Luís Eduardo Magalhães / Luís Eduardo Magalhães (Maratona)
DI: 7 km / SS: 411 km / DF: 11 km – Total: 429 km * motos, quadriciclos e UTVs CBM
DI: 16 km / SS: 268 km / DF: 18 km – Total: 302 km * carros e UTVs CBA

28/8 – Quinta etapa: Luís Eduardo Magalhães / Luís Eduardo Magalhães (Maratona)
DI: 7 km / SS: 411 km / DF: 11 km – Total: 429 km * carros e UTVs CBA
DI: 16 km / SS: 268 km / DF: 18 km – Total: 302 km * motos, quadriciclos e UTVs CBM

29/8 – Sexta etapa: Luís Eduardo Magalhães / Posse (GO)
DI:  143 km / SS: 188 km / DF:  20 km – Total: 351 km

30/8 – Sétima etapa: Posse / Formosa
DI:  157 km / SS: 382 km / DF:  30 km – Total: 569 km

31/8 – Oitava etapa: Formosa / Brasília
DI:  29 km / SS: 133 km / DF: 101 km – Total: 263 km

* DI: deslocamento inicial/ SS: especial cronometrada / DF: deslocamento final

Distância total: 3.504 km

Especiais: 2.507 km (72%)

Deixe um comentário


Confira também