Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Carros importados: Mercado em alta

Venda de importados reage em março com alta de 20,9%; produção nacional, queda de 1,4%.
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Foto: Freepik

As onze marcas filiadas à Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, com licenciamento de 4.910 unidades, das quais 1.452 importadas e 3.458 veículos de produção nacional, anotaram em março último aumento em suas vendas de 4,3% ante fevereiro de 2022, quando foram comercializadas 4.707 unidades. Comparado a março de 2021, no entanto, a queda é de 16,7%: 4.910 unidades contra 5.891 veículos.

Na importação, as 1.452 unidades vendidas significaram aumento de 20,9% ante as 1.201 unidades de fevereiro de 2022 e redução de 32,9% ante março de 2021; enquanto na produção nacional – com 3.458 unidades – a queda de vendas foi de 1,4% ante as 3.506 unidades do mês anterior e retração de 7,2% em relação a março de 2021.
Com esse desempenho de fevereiro, as marcas associadas à Abeifa fecharam o primeiro trimestre com total de 14.184 unidades licenciadas, 5,8% inferior às vendas dos três primeiros meses do ano passado. Ao separar os números de importados e unidades de produção nacional, no entanto, a disparidade é marcante. Enquanto os importados amargaram baixa de 35,4% (3.887 unidades este ano x 6.017 veículos em 2021), a produção nacional apresentou performance positivo de 13,9% (10.297 contra 9.040 unidades).
Participações – Em março último, com 4.910 unidades licenciadas (importados + produção nacional), a participação das associadas à Abeifa foi de 3,63% do mercado total de autos e comerciais leves (134.894 unidades). Se consideradas somente as 1.452 unidades importadas, as associadas à entidade responderam por apenas 1% do mercado interno brasileiro, enquanto as unidades nacionais, com 3.458 veículos, significaram marketshare de 2,56%.