Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

10 atrações para conhecer na “Toscana Brasileira”

o Hotel Botanique a sítio de shitake, fazenda que produz sorvetes, vinícolas e produtores de cervejas, tudo é festa para os olhos e o paladar no Triângulo das Serras
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Quando afrouxarem as medidas de isolamento social, vale programar um roteiro inusitado de sabores e belos cenários, em meio a paisagens bucólicas que nos remetem a pensar que estamos na Toscana brasileira. A região pode ser acessada de carro, pelas serras da Mantiqueira, em um trecho privilegiado que atende pelo nome de Triângulo das Serras. É lá que foi erguido há 8 anos o Hotel Botanique, da empresária Fernanda Ralston Semler, no Vale dos Mellos. É uma das atrações que vale conferir, e que conta com o restaurante Mina, de cozinha farm to table, comandado pelo chef Gabriel Broide, cujo conceito é calcado no pós-luxo e no que há de melhor da nossa brasilidade.

Plantação de oliveiras, vinícolas, sítio de produção de shitake, microcervejarias e venda de produtos artesanais enchem os olhos e o paladar de quem visita este pedaço de terra entre os municípios de São Bento do Sapucai, Santo Antonio do Pinhal e Campos do Jordão. Próximo ao Botanique, está o Empório dos Mellos, um misto de restaurante e armazém com produtos orgânicos com um menu que prioriza ingredientes da região.  Vale a visita para provar um menu de 4 etapas com preparos caprichados, boa carta de vinhos e ambiente agradável. Bem próxima ao Emporio dos Mellos, fica a Fazenda Eisland, onde vale uma parada para provar os gelatos ao estilo italiano, com diversos sabores.

Shitake 

Amantes de um belo assado não podem perder a visita ao Entre Villas,em São Bento do Sapucai.  Além de um restaurante com vista para as terras da Mantiqueira, o local ainda brinda o visitante com uma frutopia onde podem ser comprados morangos e berries diversos, e ainda abriga uma vinícola. No Refúgio do Shitake, clientes podem escolher cogumelos frescos, direto das estufas. Os loucos por temperos tem à disposição cerca de 32 variedades na Pharmacia de Quintal, da terapeuta corporal Ana Celia Azzi. Já quem ama um belo azeite artesanal vai se deleitar com a marca Rossini, produzida pelo casal de mesmo nome e que permite visita pelas oliveiras e degustação na Pousada que administram.

Degustação de azeites 

No quesito cervejas, não decepciona a Antonius Beer, em Santo Antonio do Pinhal, com seus rótulos produzidos com a água cristalina da Mantiqueira, e com 6 variedades como a Mantiqueira Ale, Gingerbier, Weiss, Rauchbier, Stout e Red Ale.

Pico Agudo 

Arte e design se fazem presentes através de boas iniciativas como a Luz Azul dos sócios Oscar Kedor e Francisco Lima, que promovem experiências culturais e gastronômicas aos sábados. O atelier de Morito Ebine , ali perto, é parada obrigatória, com móveis de madeira maciça elaborados à perfeição. A produção é pequena, o que confere às peças valor ainda maior.  São famosas suas cadeiras Weg e Saci, ambas na faixa de R$ 3 mil reais, cada.

Luz Azul 

A natureza foi generosa com a região: trilhas e cachoeiras, roteiros para bikers e montanhas para escalar e desfrutar de vistas fenomenais somam-se aos atributos do Triângulo das Serras

Cachoeira Triangulo das Serras 

No Hotel Botanique, as diárias partem de R$ 1.720,00 durante a semana e R$ 2500, 00 em finais de semana (o apto), com mínimo de duas noites, + taxas.  Inclui café da manhã e mini-bar.

Serviço:

Botanique Hotel & Spa – www.botanique.com.br