V Encontro de Tambores movimenta Cidade de Goiás

  • Bloco Pilão de Prata (Foto: Divulgação)
Entre os dias 4 e 7 de julho acontece na Cidade de Goiás, o V Encontro de Trambores, organizado pelo Bloco Afro Cultural Pilão de Prata da Cidade de Goiás. Com o tema os tambores, o balanço das águas, a força das ervas, na cultura que eu vivo e preservo o evento reúne oficinas, palestra, apresentações culturaise um cortejo pelas ruas da antiga capital goiana.
O bloco Afro Cultural Pilão de Prata é um cortejo festivo que percorre, periodicamente, as ruas e becos da Cidade de Goiás, tendo como ponto culminante de suas atividades o Encontro de Tambores. Uma importante forma de resistência da cultura negra, o bloco é formado por representantes das manifestações culturais negras: casas de umbanda, escolas de sambam grupos de capoeira, cururu, congo, afoxés, entre outros seguimentos.
O professor e historiador Paulo Sérgio Gomes, um dos coordenadores do Encontro de Tambores e do Bloco Afro Cultural Pilão de Prata, acredita que o evento contribui para incentivar as inúmeras manifestações de origem afrobrasileira da cidade e salvaguardar a tradição dos blocos e das comunidades e grupos onde estão inseridas. “O projeto tem como finalidade repensar a sociedade e a cidade com perspectiva de responder quais os bens culturais são portadores dos nossos referenciais de identidade. Queremos também valorizar os projetos que consistem o nosso patrimônio cultural”.
Na edição deste ano do evento estão confirmadas as participações da ialorixá e historiadora Luciene Bonfim, Salvador (BA), que também coordena o Pilão de Prata; Mestre Jorge (Jorge Luiz de Souza Pinheiro Fabino); da Escola de Samba União, Associação Atlética União Goiana; Mestre Nego (Jurandir da Silva Reis), ambas da Cidade de Goiás, GO; Estevão Gomes de Sá (Mestre Chuluca), do grupo de Capoeira Angola Meninos de Angola, Cidade de Goiás, Manoel Ferreira Rafael, Cidade de Goiás (GO), e Mestre Luisinho (Luis Lopes Machado), Afoxé Omo Odé, Goiânia, GO.

Deixe um comentário


Confira também