Racismo Ambiental é tema de palestra durante o FICA (EDITAR!!)

  • (Foto: Maria Adorjan)
Durante a 16ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) a Secretaria de Estado de Políticas para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial (Semira) trouxe o professor doutor Antônio Jeovah Meireles para ministrar palestra sobre a justiça ambiental e os conflitos que ocorrem em territórios de afirmação dos povos e comunidades tradicionais e indígenas. O encontro foi realizado no Convento do Rosário, na tarde de quinta-feira, 29, com a presença de membros da Semira, estudantes de História, Geografia e áreas afins, além de participantes do festival.
Antônio Jeovah foi convidado pela Semira para discutir este tema dentro da programação do Fica 2014, porque Goiás é um dos estados que mais sofre com racismo ambiental. São 26 municípios com comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Cultural Palmares e três comunidades indígenas. “Estes povos moram em locais de muita riqueza natural e mineral, por conta disso acabam sendo alvo de muitas empresas interessadas em construir empreendimentos de lazer ou indústrias para extração”, enfatiza a gerente especial de projetos intersetoriais e comunidades tradicionais da Semira, Lucilene dos Santos Rosa.
Durante a palestra, o professor, que ministra aulas na Universidade Federal do Ceará (UFC), abordou quatro categorias fundamentais para a garantia de direitos dessas comunidades: a equidade, complementariedade, reciprocidade e comunidade. Ele apresentou uma análise feita com base em trabalhos científicos divulgados nos últimos anos com elementos importantes dentro da discussão sobre racismo ambiental.
O encontro foi encerrado com a participação dos ouvintes que fizeram perguntas e comentários a respeito dos assuntos abordados ao longo da palestra, mas também sobre racismo ambiental de modo geral. A discussão de maior destaque foi sobre a relação de semelhança entre a situação das comunidades e povos do Ceará mencionadas por Antônio Jeovah e os grupos existentes em Goiás.

Deixe um comentário


Confira também