Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Goiás terá festival internacional de dança

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
  • Secretário Chefe da Casa Civil, Vilmar Rocha, representou o governador Marconi Perillo e discursou em seu nome (Foto: Henrique Luiz)
Nasr Chaul, Ariadina Vaz, Gisela Vaz e Vilmar Rocha, no lançamento do primeiro Festival de Dança de Goiás
Uma parceria entre governo do Estado, por meio da Goiás Turismo e do Centro Cultural Oscar Niemeyer, com a iniciativa privada, representada pela Dançarte Companhia de Dança, trouxe para Goiás o primeiro Festival de Dança de Goiás, lançado na noite de ontem no salão Gercina Borges, do Palácio das Esmeraldas. O festival é resultado da iniciativa da diretora da Goiás Turismo, Sandra Mendes, e das proprietárias da escola Dançarte, Gisela Vaz e Ariadina Vaz, e foi aprovado pela Lei Rouanet, de incentivo a cultura. Ele acontecerá no Centro Cultural Oscar Niemeyer, entre os dias 6 a 10 de junho. A expectativa é a de que quatro mil bailarinos participem do evento.
A abertura do evento ficará por conta da São Paulo Companhia de Dança, que se apresentará pela primeira vez em Goiânia. Grandes grupos de ballet reconhecidos mundialmente se apresentarão durante os quatro dias. Entre eles estão o norte-americano Miami City Ballet e Mimulus Companhia de Dança de Minas Gerais. Professores dos Estados Unidos, Argentina, França, Chile e Cuba se apresentarão e também ministrarão workshops. Bailarinos dos seis Países poderão participar dos cursos. O número de vagas ainda não foi divulgado.
O festival traz também a modalidade competitiva. Os bailarinos selecionados receberão prêmios em dinheiro e bolsas de estudo para Boston, New York e Miami. A programação inclui ainda mostras competitivas e paralelas, mesas-redondas, e feira de dança, onde serão comercializados artigos da área. O chefe de gabinete do Centro Cultural Oscar Niemeyer, Nasr Chaul, disse que a meta do governo é a de tornar o festival anual e aumentar a quantidade de eventos dessa envergadura no Estado. “Ao trazer esse festival, atendemos ainda a dois pedidos do governador, a parceria com a iniciativa privada e as relações intergovernamentais turismo e cultura, trazendo o mundo para o nosso Estado”, disse.
O secretário Chefe da Casa Civil, Vilmar Rocha, representou o governador Marconi Perillo e discursou em seu nome. Vilmar leu mensagem de agradecimento e estima escrita por Marconi, e lembrou que o incentivo na área cultural teve início no primeiro governo Marconi, ainda em 1999, quando foi criada a Agência Goiana de Cultura (Agepel). “Felicito a todos pela promessa de um belo festival. Tenham, por parte do governo do Estado, a segurança de não lhes faltar apoio a quaisquer necessidades encontradas na realização do evento. Tenham em nós parceiros e apreciadores da bela arte da dança”, disse Vilmar em nome do governador.
Fonte: Gabinete de Imprensa do Governador