Espetáculo ’Conta um Conto que Eu te Encanto’

A Cia Teatral Oops!.. leva para as crianças “clowns” que irão contar histórias e contos infantis feitos a partir da adaptação do texto “O pequeno Príncipe” do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, gagues circenses e muitas brincadeiras.

Espetáculo: Conta um Conto que Eu te Encanto – Cia. Teatral Oops!.. Dia 26 de setembro, a partir das 17 horas, no domingo. Os ingressos custam R$ 10 inteira e R$5,00 meia (Crianças não pagam ingresso). Temporada Casa das Artes no Centro Cultural Goiânia Ouro.

Conta um Conto que Eu te Encanto é um espetáculo que utiliza do improviso e do lúdico, para provocar no espectador a participação direta no jogo teatral, desvendando os bastidores do fazer teatral. É um espetáculo infantil que conquista todas as idades, fazendo o despertar da criança que existe dentro de todos nós.

Este espetáculo interativo que mistura circo e Teatro. É uma pesquisa desenvolvida pelo grupo, que trabalha o circo, o jogo popular e o improviso na cena.

A participação ativa do público, nas brincadeiras e nas cenas, é o tempero principal do espetáculo, que é uma “brincadeira teatral” da cia. O despertar do lúdico de forma criativa e ativa desperta a imaginação e a vontade de brincar e de gostar de teatro, e é esta a intenção do espetáculo. A leitura também é incentivada.

Na Trilha Sonora, são utilizadas músicas que remetem ao universo infantil, bastante conhecidas do público, principalmente das crianças “adultas”. A idéia sempre é trazer a tona a infância, o jogo, o universo da criança, nos permitindo a liberdade de pensar e viajar pelo universo da Arte.

Temas como a esperança, amizade, brincadeira serão contadas de maneira bem divertida, utilizando técnicas circenses, tais como Tecido Acrobático e malabares. A idéia do espetáculo é divertir e brincar.

O Espetáculo é dirigido pelo Ator e Diretor João Bosco Amaral que divide o palco com Ator e Artista Circense Francisco Nikollay que também assina a maquiagem e o figurino do espetáculo. A cenografia é desenvolvida por Jeová de Lucena e a produção é de Sol Silveira.

Deixe um comentário


Confira também