Dois Patetas Espatifados

O espetáculo, conta a história de dois sujeitos muito patetas, de nomes, Teimosinho e Mandão, que vivem cada qual, em seu barril de pólvora. Estes dois patetas transformam em uma verdadeira guerra, uma relação que – em outros termos – poderia ser gentil e civilizada. Cada qual com uma vela acesa, na mão, exige que o outro apague sua velinha, mas nenhum dos dois quer ceder. “Cada um, acha que pode exigir do outro o que não faz, e as ameaças vão crescendo”, sem que nenhum acordo seja feito, “até que acontece o inevitável”.

O jogo entre as personagens de “Dois Patetas espatifados” – serve de gancho para um espetáculo inteligente, que coloca a platéia infantil em contato com um dos maiores entraves das relações humanas: os conflitos de comunicação e a disputa pelo poder. Teimosinho e Mandão, não conseguem, viver próximos um do outro sem se digladiarem pelas mínimas coisas. Como se um mesmo substantivo não pudesse ter dois significados. E é na reflexão sobre os diversos significados possíveis desta brilhante obra literária infantil, que Sandro Freitas, usa e abusa destes dois personagens de Ruth Rocha, que por seus próprios nomes são definidos em suas posturas de vida.

“Ao recriar os singelos, mas perigosíssimos, Teimosinho e Mandão, de Ruth Rocha, eu sabia que estava falando de um dos temas mais modernos e caros de nossos tempos: a incompreensão do outro. Toda existência pacífica, toda a possibilidade de encontro, toda a beleza da diferença, toda a singeleza e grandeza do amor, se esvaem pelo ralo da incompreensão bélica. Os patetas, é um artifício de linguagem, que eu usei para ilustrar duas criaturas rígidas que não compreendem a beleza da maleabilidade, não se vêem um no outro, condição primordial para que a paz e o amor floresçam e dêem novos frutos. Os homens precisam se admirar mais pelo que não têm em comum do que pelo que têm”.

Serviço
Dois Patetas Espatifados com o Grupo Trupicão Cia. de Teatro
Data: Domingos do mês de Outubro (10, 17, 24 e 30)
Horário: 17h
Local: Teatro de Bolso Cici Pinheiro – Casa das Artes
Endereço: Avenida Anhanguera, esquina com Rua R-1, Setor Oeste. Próximo ao Lago das Rosas
Ingressos: R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia
Informações: 3524- 2421

Deixe um comentário


Confira também