Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Concerto de Natal encerra atividades no Teatro Sesi

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
As mais belas canções de Natal farão parte do Concerto de Natal, que a Orquestra Sinfônica de Goiânia e o Coro Sinfônico de Goiânia apresentam no Teatro Sesi do Centro Cultural Paulo Afonso Ferreira, dias 20 e 21 de dezembro, às 20 horas. Quarenta vozes estarão no palco acompanhadas da orquestra de 76 músicos.
Com arranjos exclusivos assinados pelo maestro Paulo Rowlands e regência do maestro Joaquim Jayme, Coro e Orquestra vão interpretar canções tradicionais inglesas, alemãs, francesas, brasileiras, como Noite Feliz! (Franz Gruber), Adeste Fidelis (John Francis Wade), Cantique de Nöel, de Adolphe Adam que em 1847 musicou o poema Minuit, Christians, de Placide Cappeau, Deck The Halls e Lá no Céu os Anjos Cantam,canções natalinas inglesas, O Tannenbaum, música tradicional alemã e muitas outras.
Atual regente do Coro Sinfônico de Goiânia, Paulo Rowlands é regente formado pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas (SP). Compositor, cantor (barítono), pianista e diretor musical para teatro, Rowlands comanda o Coro desde 2010. O Coro tem se apresentado em eventos e concertos. Seu mais recente trabalho foi apresentado no Teatro Sesi no dia 22 de novembro.
Coro
Fundado em outubro de 1999, o Coro Sinfônico de Goiânia resultou da fusão do antigo Coral Municipal com a Camerata Vocal de Goiânia. Sua fundação e manutenção é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Goiânia, por meio da sua Secretaria Municipal de Cultura.
Formado por profissionais da música, o repertório do Coro contempla desde obras corais a cappella às grandes obras sinfônicas, buscando sempre valorizar a literatura coral universal e brasileira. Seu trabalho consiste em difundir e socializar a arte da música na comunidade, apresentando-se em eventos públicos, realizando recitais solo ou em conjunto com a Orquestra Sinfônica de Goiânia.
Por ser um coro de caráter profissional, remunerado e mantido pela administração pública, exige-se de seus integrantes o domínio das artes musicais. Para integrar o Coro Sinfônico de Goiânia, os candidatos passam por rigorosa seleção, que inclui avaliação vocal e leitura musical.
O trabalho disciplinado e sério resulta em um Coro de alto nível, equiparado aos melhores do país. O Coro Sinfônico de Goiânia está a sob a direção artística do maestro Joaquim Jayme.