Cinema: Malévola estreia nesta quinta-feira

Chegou o dia! Assim como você, eu e milhares de pessoas estavam ansiosas pela estreia de “Malévola”, longa que traz a história da Bela Adormecida sob a perspectiva da vilã, interpretada por Angelina Jolie. Nesta quinta-feira (29/05), o filme entra em cartaz e é hora de correr para pegar a primeira sessão. Além da tão aguardada produção, outros filmes também chegam às salas de cinema nesta quinta. Confira a lista:
Malévola

Baseado no clássico A Bela Adormecida, a história é contada a partir do ponto de vista da vilã Malévola (Angelina Jolie), mostrando os acontecimentos de sua vida que fizeram com que ela se tornasse uma mulher amargurada e vingativa. Na nova adaptação, ela nem sempre foi má, era jovem, linda e tinha um coração puro. Mas, durante uma batalha, ela sofreu uma traição enorme. Então, movida pelo desejo de vingança ela coloca um feitiço na filha do rei, a Princesa Aurora. Mas quando a criança cresce, Malévola percebe que ela pode ser a chave para a paz no reino e em seu coração. Será um momento de grandes decisões. “Malévola” teve um orçamento de US$ 200 milhões.
No Limite do Amanhã

A Terra foi tomada por uma raça alienígena e Bill Cage (Tom Cruise), um soldado inexperiente que é enviado, sem treinamento ou equipamento, morre em combate, mas leva um dos invasores com ele. Inexplicavelmente Cage acaba preso no tempo, condenado a reviver esta data repetidamente. A cada morte Cage se torna mais forte e adquire mais conhecimento, uma oportunidade de descobrir a chave para a aniquilação dos invasores e salvação da Terra. Cage também contará com o apoio da guerreira Rita Vrataski (Emily Blunt). “No Limite do Amanhã” teve um orçamento de US$ 180 milhões.
A Farra do Circo

“A Farra do Circo” é um documentário sobre o Circo Voador. O filme mostra a criação da “usina do sonho”, ou Circo Voador, como é conhecido hoje, desde o verão da década de 1980 no Arpoador, até a viagem para a Copa do Mundo do México em 1986.
Os Homens São de Marte… E É Para Lá Que Eu Vou

Baseado na peça teatral “Os Homens São de Marte… E É Para Lá Que Eu Vou”, de Monica Martelli, a trama acompanha Fernanda (Martelli), uma mulher independente que dedicou sua vida à carreira e agora, aos 39 anos, acha que sua situação afetiva é emergencial. Ela passa a apostar tudo em cada relação, se envolve com diferentes tipos de homens, e tenta, acima de tudo, encontrar seu par perfeito. A direção é de Marcus Baldini, o mesmo de “Bruna Surfistinha” (2011).

Deixe um comentário


Confira também