Brasília à Paris

O cineasta e fotógrafo francês Guy Blanc apresenta a exposição “ Brasília à Paris” de 22 de novembro a 15 de janeiro de 2013, na Galeria Atelier An Girard, na Rua Campagne-Premiére -75014, em Paris.
Atraído pela plasticidade das performances, pelo non sense, pela abstração e fugacidade, pela composição dos elementos contidos nas cenas, o artista, bem ao estilo francês, durante um ano e meio flanou pelas ruas, avenidas, cruzamentos de Brasília, capturando imagens de malabaristas e da realidade circundante, bailarinos solitários em cenário urbano.
O questionamento acerca do tempo, ou do não-tempo, ou do tempo retido pelo “sinal vermelho” foi, também, decisivo para a concepção da exposição. Tema provocador e norteador, definidor do conteúdo, ou do não-conteúdo, no cerne de uma realidade surreal, presente ou ausente nas coreografias.
Guy Blanc, nascido em uma aldeia perto de Lyon, França, desde cedo soube que trabalharia com produção visual. Antes porém de pisar em um set de filmagem, percorreu as avenidas, praças e ruas de Paris como cycloboy. Aos 25 anos, é convidado para trabalhar como assistente de produção e, logo após, como assistente de direção de filmes de longa metragem. Simultaneamente, dirige filmes documentários e de publicidade.
Suas atividades profissionais o levam para lugares díspares, Tunísia, Israel, Mali, Espanha, Portugal, Itália, Índia. Vem ao Brasil para a filmagem de “Le Retour du Grand Blond avec une chaussure noire” e, dois anos mais tarde na Bahia, para a produção do filme “Os Pastores da Noite”. Apaixona-se pelo país, instala-se no Rio de Janeiro.
O artista, que atualmente vive em Brasília e tem a fotografia como atividade principal, soma em seu currículo exposições como “Manus”, “Brasília x Paris”, “Olhares Cruzados”, “Entrelinhas”, “Coordenadas Poéticas” e “Luzes e Formas”.
Mais informações pelo Telefone: 01 43 22 01 16 ou pelo site www.atelier.angirar.com.

Deixe um comentário


Confira também