Ballet Imperial da Rússia – Dom Quixote (Goiânia)

Após o enorme sucesso da turnê realizada em 2007, onde apresentou o clássico “O Lago dos Cisnes”, o Ballet Imperial da Rússia, uma das mais respeitadas e admiradas companhias de dança clássica do mundo vem a Goiânia em única apresentação, sexta-feira, dia 14 de maio, às 21 horas, no Teatro Vermelho do Centro de Convenções de Goiânia.

Herdeira das grandes tradições da escola russa de balé, volta ao Brasil, apresentando as coreografias Romeu e Julieta e Don Quixote. Os ingressos custam de R$ 80,00 a R$ 100,00

O Ballet Imperial da Rússia é a harmonia e integridade da Escola Russa de Balé, tradição e continuidade daquilo que vem sendo passado de geração para geração, e vem sendo interpretado como um real e criativo império. “Imperial” é o nível mais alto na concepção de “O Balé Russo”, significando o melhor no mundo. Por fim, os fundadores do grupo expressaram dessa forma o respeito pela dinastia, que contribuiu para o desenvolvimento da cultura nativa, estabelecendo o sistema dos teatros imperiais, incluindo o Bolshoi e os teatros Mariinsk.

No Ballet Imperial da Rússia, o talento e a personalidade de todos os dançarinos são altamente respeitados. Cada artista do grupo tem a chance de mostrar seu talento e seu potencial criativo ao máximo. A idéia de criar o Ballet Imperial da Rússia surgiu durante a apresentação dos concertos de aniversário de Maija Plisetzkaya, no Japão, à partir de um brilhante programa composto por Gediminas Taranda, e, em abril de 1994, nasceu um novo grupo de balé. Hoje em dia, os integrantes do Ballet Imperial da Rússia incluem mais de 40 artistas das melhores escolas de balé da Rússia.

Os dançarinos conhecidos mundialmente e as estrelas do balé cooperam ativamente com o Ballet Imperial da Rússia; entre eles: Pratik Dyupon (Ópera de Paris, França), Faruh Ruzimatov, Yulia Mahalina e Diana Vishneva (Teatro Mariinsk), Nicolas Tsiskaridze, Lyudmila Semenyaka e Nadezhda Pavlova (Teatro Bolshoi), Vladimir Malahov e Julia Kent (Teatro de Balé Americano), Tamie Kusakiri (Japaõ), e outros. A principal tendência dos coreógrafos é o estilo clássico, mas, ao mesmo tempo, as apresentações do grupo apresentam também o estilo moderno e esse fenômeno é único para a Rússia.

Deixe um comentário


Confira também