Anthropos Companhia de Arte abre temporada em Goiás

Fotos: Cida Carneiro
A Anthropos Cia de Arte inicia sua temporada em 2011 com a estréia do espetáculo “Despertar da Primavera”, inspirado na obra de Frank Wendekind, no dia 28 de Junho no Centro Cultural Martim Cererê com sessões as 15 e 20 horas. O espetáculo inaugura uma nova fase na produção artística da companhia com a montagem de um texto direcionado para o público juvenil. Com apoio institucional da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – Lei Goyazes, do Governo do Estado de Goiás e patrocínio da Compleite, o projeto tem direção de Constantino Isidoro e dramaturgia de Hugo Zorzetti.
Depois da estréia, a temporada prossegue no mesmo local com apresentações nos dias 29 e 30 de junho com sessões as 15 e 20horas; no dia 01 de julho as 15 horas e no dia 02 de julho as 20 horas. Ratificando o seu compromisso com a democratização da cultura, a Anthropos realizará todas as apresentações vespertinas com entrada franca. Tendo metade dos ingressos distribuída em parceria com a rede Municipal e Estadual de Educação e Ongs. Ficando a outra metade à disposição da população, que poderá retirá-los nas bilheterias dos locais de apresentação.
A equipe técnica reúne profissionais de reconhecida atuação na cidade de Goiânia: Robson Parente é o responsável pela assistência de direção, no elenco Arilton Lopes, Andreydsa Borges, Lizandra Olavrak, Cleiton Oliveira, Debora Di Sá, Kleber Alves,Renato Cruz, Renata Caetano, Rodrigo Marmore, além dos músicos Reginaldo Mesquita, Juliana Junqueira e Washington Micena. Projeto de cenografia e figurinos foram criados por Guto Viscardi, a preparação corporal e coreografia é de Luciana Caetano, na iluminação Junior de Oliveira e a produção executiva é de Raquel Bittencourt.
Sobre o Espetáculo
O grupo de teatro de uma escola particular prepara a peça O Despertar da Primavera, , de Frank Wendekind, para o encerramento do semestre. A tarefa é dada a um professor de teatro quarentão que viu seu sonho de se tornar um grande diretor teatral afogado no ritual selvagem dos “bicos” do magistério, correndo de escola em escola, sempre subestimado e sub-remunerado. Tudo está sempre pronto a explodir de ódio ou de riso. O que aí se mostra são os caminhos tomados pela nossa juventude, a partir da influência de seus pais e do meio. A vida moderna marcada pela violência das informações e a fragilidade dos valores que fluem através do espaço familiar, escolar e do ciberespaço.

Serviço:
Espetáculo: Despertar da Primavera
Realização: Anthropos Companhia de Arte
Teatro Pyguá – Centro Cultural Martim Cerere
28 a 30 de Junho – 15 e 20 horas
01 de Julho – as 15 horas
02 de Julho – as 20 horas
Sessões vespertinas- Entrada Franca
Sessões noturnas – Ingressos a R$ 10,00

Deixe um comentário


Confira também