Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Aberto hoje o Projeto Bastidores no Martim Cererê

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Agência Goiana de Cultura (Agepel) abriu hoje de manhã, o Projeto Bastidores, realizado em parceria com a Funarte/Ministério da Cultura (MinC). Oito cursos são oferecidos nesta primeira edição: Coreografia, Sonoplastia, Iluminação, Cenografia, Artes Circenses (Capatazia), Visagismo, Figurino e Gestão Cultural. Muito concorridas, as vagas foram ampliadas para dar oportunidade a todos. Ministrado pela ex-bailarina e diretora da Quasar Cia de Dança, Vera Bicalho, Gestão Cultural é o que tem maior número de alunos.

Chefe da Assessoria de Projetos da Agepel e coordenadora geral do Bastidores, Inah Rolim afirmou durante a solenidade de abertura que foram três anos de espera até o projeto ser concretizado. “Acredito muito neste projeto. Aqui não vai acontecer a cultura do fracasso, a mesmice. Há talentos demais. O Bastidores vai funcionar como uma empresa orgânica, com professores competentes”, disse a coordenadora, para quem “cultura se faz com paixão, ousadia e criatividade”. Inah Rolim ressaltou a importância da ética, da interação e da solidariedade entre os participantes.

Para Cláudio Hanna, diretor do Studio K, empresa vencedora da licitação para a execução do projeto, o mercado de trabalho para os profissionais que atuam nos bastidores de espetáculos, shows e eventos está em ascensão e necessita de técnicos com experiência. Segundo ele, o Bastidores vai contribuir muito para a formação de sonoplastas, iluminadores, gestores, cenógrafos, figurinistas e outros.

Aulas

Mais de 300 pessoas estão inscritas nos oito cursos oferecidos pelo projeto Bastidores. Nas segundas, terças e quartas, das 8 às 12 horas, serão ministrados os cursos de Iluminação (Júnior de Oliveira), Sonoplastia (Marcelo Hanna) e Coreografia (Henrique Rodovalho). Nas duas primeiras semanas de agosto, a bailarina e assistente da Quasar Cia de Dança, Érica Bearlz vai substituir Rodovalho, que se encontra a trabalho na Europa.

As segundas, terças e quartas, das 14 às 18 horas, estão reservadas aos cursos de Figurino, com Ana Maria Mendonça e Artes Circenses (Capatazia), com o palhaço argentino Carlos Adrian Pagliano. As aulas de Cenografia, com Adriano Martins e Visagismo, com Franco Pimentel, serão ministradas às segundas, terças e quartas, das 18 às 22 horas. As aulas de Gestão Cultural, com Vera Bicalho estão marcadas para as terças, quartas e quintas, das 18 às 22 horas. Durante três meses as aulas serão teóricas dentro do Centro Cultural Martim Cererê. O quarto mês está reservado à prática em montagens e ao acompanhamento de shows, espetáculos teatrais e eventos culturais.

Informações: Tetê Caetano, diretora do Centro Cultural Martim Cererê (Rua 94-A, Setor Sul. Telefones: (62) 3201-4688/4691)