5 filmes para ver no Natal

O Natal está no ar! Essa época do ano costuma despertar o que há de melhor nas pessoas, além da beleza nas decorações, as intenções e os votos para o novo ano que se aproxima também se enfeitam. Nada melhor que aproveitar, tirar um tempinho com a família e assistir aqueles velhos filmes que marcaram gerações. No cinema, o Natal sempre rendeu boas histórias, desde contos infantis até dramas mais pesados. Nesse clima, a Zelo fez uma seleção de filmes que com certeza te marcaram e merecem ser vistos novamente. Confira!
1. O Grinch
O Grinch (Jim Carrey) é uma criatura verde e mesquinha que odeia o espírito de Natal. Quando era criança foi gozado pelos colegas, devido ao seu aspecto. Na escola apaixonou-se por uma garota que consequentemente apaixonou-se também por ele. Devido a ser gozado por todos os colegas no dia de Natal, exceto pela garota que por ele se apaixonou, fugiu e refugiou-se no alto de uma montanha numa caverna com o seu cão Max, alimentando-se de lixo e fazendo máquinas avançadas a partir de sucata. Odiando o Natal, ele pretende estragar a festa dos moradores da Cidade dos Quem, roubando presentes e enfeites com a ajuda de seu cãozinho Max. No entanto, ele conhece a pequena Cindy Lou Quem (Taylor Momsen), que só pensa em compras, presentes e enfeites. Juntos eles descobrirão o verdadeiro espírito do Natal. Garantia de boas risadas!

2. Um Conto de Natal
O filme francês, do diretor Arnaud Desplechin, é um drama que conta a história de uma família não muito unida que vai precisar reaprender a conviver para salvar a vida de um deles. O ápice do filme acontece no dia do Natal. Para melhorar, o elenco conta com atores como Catherine Deneuve e Mathieu Amalric. A mãe ferina é Deneuve, que exala frigidez em cena. Ela ama o filho mais velho, que adoece de leucemia e ninguém da família é compatível. Então, gera um caçula apenas para salvar o adorado da mamãe. Só que ele não é compatível e o primogênito morre. Para a mãe, Henri (Mathieu Amalric) se torna um fardo, uma pessoa que nunca conseguiu amar. Por uma ironia da vida, ela adoece e a única pessoa compatível é justamente Henri. Começa um amargo acerto de contas.

3. Milagre na Rua 34
Mara Wilson, a eterna Matilda, dá vida à pequena Susan, uma garotinha que não acredita em Papai Noel. Ela acaba mudando de ideia depois da chegada de um novo bom velhinho na loja onde sua mãe trabalha. O homem afirma ser o verdadeiro Papai Noel e diz que vai provar isso a todos os que não acreditam mais nele. É uma refilmagem do clássico “De Ilusão Também se Vive”, de 1947.

4. Um Herói de Brinquedo
Conhecido pelos papéis em filmes de ação, Arnold Schwarzenegger também se deu muito bem nas comédia. A produção traz o ator interpretando um pai que deixa as compras de Natal para o último momento e acaba descobrindo que o boneco desejado pelo filho está esgotado. Dirigido por Brian Levant o longa é bem divertido e traz o protagonista em uma série de situações engraçadas. Arrecadou mais de US$ 120 milhões em todo mundo. Na trilha, o destaque é “I'll Be Home for Christmas” na voz de Frank Sinatra.
5. Esqueceram de Mim 1 e 2
Clássico é clássico, e quando o assunto é Natal, esse é uma das maiores referências. Um dos maiores clássicos do cinema infantil dos anos 90. Envolvente, simpático e extremamente divertido, o primeiro Esqueceram de Mim ajudou a transformar Macaulay Culkin em um astro do cinema. Na história, Kevin (Culkin) é deixado para trás pela família durante as férias de natal. Sozinho, ele aproveita a casa enorme e os quartos que um dia eram proibidos. Mas sua rotina acaba abalada com o aparecimento de dois ladrões pelas redondezas.
Dois anos depois do primeiro filme, foi lançado Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York. A ideia era a mesma, mas a presença da “Grande Maçã” dá um novo gás a história. Outras continuações de Esqueceram de Mim foram realizadas, mas o clima natalino se perdeu com a saída de Macaulay e do diretor Chris Columbus.

Deixe um comentário


Confira também