Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Gustavo Mendanha usa redes para apoiar comerciantes durante isolamento

Fiscalizações realizadas no município desde a última segunda-feira (1º) mostram que a larga maioria cumpre adequadamente o fechamento das atividades não essenciais
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Rodrigo Estrela)

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, tem aproveitado a ampla audiência na rede social Instagram para agradecer os empresários da cidade pela adesão ao isolamento social. Fiscalizações realizadas no município desde a última segunda-feira (1º) mostram que a larga maioria dos comerciantes cumpre adequadamente a determinação de manter as atividades econômicas não essenciais fechadas durante esta semana.

Todos os dias, Gustavo compartilha nos stories cerca de 50 publicações de comércios de Aparecida. É um gesto, segundo ele, de empatia com os comerciantes.

“Sou filho de lojista, e sei o diferencial que o faturamento diário faz para a loja. Estar com a economia fechada não é fácil, é uma decisão muito difícil que temos que tomar para salvar vidas. Então, por isso penso que nada mais justo aproveitar a audiência nas redes sociais para divulgar os deliverys de Aparecida, que estão autorizados a funcionar e ajudam a manter a economia girando”, explica o prefeito.

O gestor municipal começou a divulgar os deliverys de Aparecida por conta própria, no seu perfil particular, no ano passado, quando o Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 decidiu por um fechamento temporário e preventivo das atividades não essenciais por 30 dias, no mês de março.

“Infelizmente, o cenário hoje em Aparecida e no Brasil é pior do que tínhamos naquela época. É estarrecedor perder num dia só mais de 1.800 vidas para a Covid, como ocorreu ontem em nosso país. Aqui, em Aparecida, foram cinco vidas perdidas nas últimas 24 horas. São cinco corações, cinco histórias, cinco trajetórias interrompidas e cinco famílias enlutadas. Por favor, gente, use máscara, álcool gel, mantenha o distanciamento e não aglomere. Precisamos nos unir para vencer essa doença”, conclui Gustavo.