Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Ruas de Goiânia ficam mais bonitas com chegada da florada das paineiras

Espécies nativas do Cerrado embelezam ruas da capital e, em 15 meses, são plantadas 121,9 mil árvores pela cidade
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil)

As ações da Prefeitura de Goiânia, por meio da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), para revitalização de parques e reservas ambientais, asseguram à cidade o título de Capital Verde do Brasil. Nos primeiros 15 meses da gestão do prefeito Rogério Cruz, foram plantadas 121,9 mil árvores. No mês de maio, o município recebe as floradas das paineiras, que embelezam as ruas.

Conhecidas como barrigudas, as paineiras atraem grande número de pássaros, principalmente periquitos-de-encontro-amarelo, que se alimentam de seus frutos, e abelhas, borboletas e beija-flores, que se fartam de néctar e pólen. A depender da época do ano, o espetáculo das floradas também é proporcionado por ipês (roxo, rosa, amarelo e branco), e flores do cega-machado, jacarandá-mimoso, cássia-javanesa, escumilha-africana e sibipirunas.

“Paineiras colorem nossas ruas e, já no segundo semestre, são os ipês que trazem mais beleza à capital. Goiânia é, realmente, abençoada pela natureza”, afirma prefeito, que destaca o empenho e dedicação dos servidores da Amma e da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) no cuidado com a cidade.

Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) – Prefeitura de Goiânia (Foto: Amma)

Presidente da Amma, Luan Alves afirma que, além da beleza das flores que enfeitam as ruas, praças e parques de Goiânia, “o lado ambiental benéfico das árvores é essencial para proporcionar bem-estar à população”. Ele aponta que “as árvores absorvem gás carbônico e emitem oxigênio, filtram o ar, diminuem a poluição sonora, aumentam a biodiversidade e reduzem o nível de estresse das pessoas, dentre outros benefícios”.

Em reforço à arborização da cidade, a prefeitura conta com programas criados pela Amma: o Disque Árvore e ArborizaGyn. O Disque-Árvore faz a entrega, gratuitamente, em domicílio, de mudas para a população, para compensar a retirada de árvores de grande porte, que foram erroneamente plantadas em calçadas estreitas e sob fiação. Já o ArborizaGyn foi lançado em novembro de 2021 pelo prefeito Rogério Cruz. Em uma ação histórica, a prefeitura plantou, de forma simultânea, 50 mil mudas nativas em três pontos da capital: Parque Três Marias, no Jardim Presidente,  Alameda Andrelino de Morais, no Setor Faiçalville, e Parque Cascavel. A ação foi realizada pela Amma, em parceria com a Comurg.

Além das 121,9 mil mudas de árvores plantadas desde o início da gestão, a administração municipal revitalizou 23 dos 62 parques da capital, além de 257 praças. Mais nove parques estão em processo de implantação. A prefeitura entregou os parques Leonardo Peixoto, Antônio Wagno Codó, a segunda etapa do parque Sargento David Luiz, e a reconstrução do Bosque dos Anjos, na atual gestão. A Amma deu início à repaginação de outros 36 parques já existentes, por meio de reforma ou construção de equipamentos como quadras e campos esportivos, bancos, lixeiras, pista de cooper, academia ao ar livre, iluminação, dentre outros.

Flores no Parque

No mês de fevereiro deste ano, a Prefeitura de Goiânia lançou o Projeto Flores no Parque, iniciativa que promove o plantio de espécies ornamentais na capital. A ação começou por quatro parques das regiões Sul e Oeste, que receberam mais de 17 mil mudas resistentes a variações climáticas.

O primeiro a receber o projeto foi o Parque Vaca Brava, no Setor Bueno. Lá, foram cultivadas 10 mil mudas de Vinca Mix e Tagete Amarelo, flores resistentes ao clima quente e que florescem no verão e na primavera. Em seguida, o Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, recebeu 3.648 mudas ornamentais, em formato de flor, das espécies Vinca Mix, Tagete Amarelo e Sálvia Red. As inclusões mais recentes foram no Parque da Lagoa, no Parque Industrial João Braz, Jardim Botânico, e Areião.

“Nossos parques recebem projetos paisagísticos que ampliam as possibilidades de abrigo e alimento para os animais”, afirma o prefeito. “Agora, com o Projeto Flores, os espaços públicos ganham mudas que, além de deixá-los mais bonitos, contribuem consideravelmente com a preservação ambiental”, observa Rogério Cruz.

(Foto: Amma)