Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Goiânia terá a primeira pista pública de Pumptrack

Circuito poliesportivo é voltado para ciclistas, skatistas e praticantes de BMX
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Reprodução)

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, vai construir a primeira pista pública de Pumptrack, no Centro Esportivo Morada Nova. O prefeito Rogério Cruz, ao lado do secretário dos Esportes, Álvaro Alexandre, autorizou a licitação para a obra cujo investimento virá de uma parceria entre Ministério da Cidadania e a Prefeitura de Goiânia.

O que é Pumptrack?

O Pumptrack é um circuito poliesportivo voltado para ciclistas, skatistas e praticantes de BMX, além de ser acessível para utilização sem a necessidade de pedalar ou empurrar. Também é um ótimo espaço para o convívio social, dedicado para pessoas de todas as idades. Além de promover uma forma diferente de fazer exercícios para crianças e adultos, o espaço é referência em inclusão social.

A pista

A pista tem curvas inclinadas e recursos projetados para serem percorridos com os próprios pilotos gerando impulso por movimentos corporais para cima e para baixo. Sua forma original foi projetada para o mountain bike, BMX e skate. Porém, construções de concreto permitem que a Pumptrack seja acessível também para pessoas portadoras de necessidades especiais.

História

Os parques de skate cresceram bastante ao final do século passado e no início do atual. Como os projetos iniciais eram para pilotos experientes e/ou profissionais, muitos acidentes ocorreram. Foi preciso aperfeiçoar a estrutura física do esporte.

Em 2004, surgiu o primeiro Pumptrack, no estado de Colorado, nos Estados Unidos. De lá pra cá, os Pumptracks estão se replicando pelo mundo e Goiânia agora vai entrar no mapa das cidades com este espaço acessível para todos os públicos.