Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Lollapalooza: confira dicas de hotéis e restaurantes para conhecer durante a estada em São Paulo

Uma lista completa com sugestões de lugares imperdíveis na capital paulista
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

De 25 a 27 de março, acontece em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, um dos maiores festivais de música alternativa do Brasil, o Lollapalooza. Mais da metade do público do festival viaja até a capital paulista, vindo de todas as regiões do Brasil. Para aproveitar a oportunidade e turistar um pouquinho na maior metrópole do país, selecionamos algumas dicas de hotéis e restaurantes imperdíveis para conferir durante a estada. Confira:

Palácio Tangará

(Divulgação)

Com uma das localizações mais privilegiadas de São Paulo, o Palácio Tangará é um oásis no coração da cidade, garantindo tranquilidade e discrição em uma das metrópoles mais agitadas do mundo.

Os encantamentos do hotel começam logo pelos arredores: o Tangará é rodeado pelo Parque Burle Marx, projetado pelo famoso paisagista homônimo. As inspirações para a arquitetura do espaço, reconhecida pelos elementos clássicos, advém de aquarelas de Jean-Baptiste Debret e outras obras de arte.

O hotel, no entanto, oferece muito mais do que suas paisagens de tirar o fôlego. Dentre as opções de entretenimento destacam-se o Spa, equipado com piscina interna, jacuzzi, saunas e área para relaxamento, inspirada nos arredores silvestres do hotel; restaurantes com a assinatura do renomado chef francês Jean-Georges Vongerichten, além de centro fitness, bar e kids club.

Hotel Renaissance

(Divulgação)

Quem visita São Paulo sempre dá aquela passadinha na Avenida Paulista, além de ser um dos principais centros financeiros da cidade, ela também é rica em cultura, lazer e entretenimento. E a poucos passos do logradouro fica o Hotel Renaissance São Paulo, que conta com uma vista incrível do skyline da cidade, quartos espaçosos e funcionais, piscina externa e spa. Além do recém-inaugurado Terraço Jardins, o restaurante do hotel, que une arte, moda e o design paulistano em espaços fluídos, integrados e contemporâneos. O menu, assinado pelo chef Ícaro Rizzo, valoriza ingredientes frescos e celebra os pequenos produtores locais, com influências culinárias caipira e caiçara. Uma ótima sugestão é a caldeirada caiçara, composta por camarão, lula, polvo, mexilhão e vôngole (R$ 98,00).

Antonella Maison

(Divulgação)

Para aqueles que estão hospedados no Jardim Paulista e têm o desejo de vivenciar a exuberância e o romantismo da época de Paris do fim do século XIX, o Antonella Maison é a escolha perfeita. Inaugurado em 2019 e comandado pela chef Roberta Diacoli, o restaurante tem menu inspirado na culinária mediterrânea francesa, mesclando os sabores surpreendentes da cultura europeia. Uma ótima sugestão é o porterhouse “swift black”, ele serve duas pessoas e vem com manteiga de ervas, mix de folhas e french fries (R$ 288,00).

Pippo Limone

(Divulgação)

Decorado com limões sicilianos e com um cardápio que cria receitas clássicas e inusitadas, o Pippo Limone é capaz de proporcionar uma verdadeira viagem para a região de Capri, na Itália. Quem estiver hospedado ou passar pela região do Itaim Bibi e se interessar pela culinária italiana tradicional vale muito a pena conferir! Entre os pratos que se destacam na casa estão o ravioli di ricotta e siciliani (R$ 76,00), garganelli amatriciana (R$ 68,00) e o spaghetti alla carbonara (R$ 76,00).

Tetto Rooftop Lounge

(Divulgação)

Um dos rooftops mais prestigiados de São Paulo, o Tetto Lounge é a escolha para aqueles que querem aproveitar a noite agitada da cidade, localizado em Pinheiros e com uma proposta de unir gastronomia contemporânea a uma cartela de drinks autorais, além de contar com um menu diverso, que mistura sabores e técnicas de várias partes do Brasil e do mundo. Entre as pedidas destaca-se o atum selado (R$ 108,00), risoni com frutos do mar (R$ 118,00), carré de cordeiro (R$ 126,00) e para o drinks vale apostar no garden, composto por gin com infusão de lavanda, tangerina e tônica ou no tetto feito com whisky, noilly prat e carpano bianco (R$ 48,00).

Aragon

(Divulgação)

Já quem busca por restaurantes com clima despojado, o Aragon é uma excelente pedida, com especialidade na culinária espanhola e com cardápio assinado pelo Chef Julio Rafael, o conceito de comida confortável é levado a sério pela casa! Entre os queridinhos do menu, estão o Arroz de Pato, servido com molho Roti, chorizo espanhol e cebola crispy (R$ 84) ou o especial Cordeiro, assado durante doze horas e servido com crispy de couve, ragu de cogumelos, batata confit, creme azedo e páprica (R$ 280).

Eataly

(Divulgação)

Para os viajantes que procuram um lugar diferente para comer em São Paulo durante o período do festival, o Eataly pode ser uma ótima pedida. O centro gastronômico conta com quatro restaurantes exclusivos (Brace Bar&Griglia, Bistecca, Tarttoria Italia e Pasta&Pizza), além de delivery pelo iFood, com uma variedade de pratos como pizzas, risotos, diferentes tipos de massas e sobremesas como cannolis e tiramisu. O complexo conta também com um mercado repleto de produtos importados e marcas tipicamente italianas, bem diferente do que encontramos em um supermercado normal.

Madame Suzette

(Divulgação)

Cozinha elegante que mistura clássicos da gastronomia francesa com pratos descomplicados de bistrô, mesinhas na varanda voltadas para a rua e as pinturas nas paredes que te transportam para a charmosa atmosfera parisiense. O Madame Suzette é um bistrô que ainda conta com uma sala privativa! Esse com certeza é um dos pontos de paradas obrigatórios para quem estiver visitando a cidade. Entre as pedidas estão o canard confit (R$ 88,00), o ravioli maison & canard à l’orange (R$ 52,00) e o poisson du jour et petites crevettes (R$ 89,00).