Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Goiânia celebra 79 anos de seu Batismo Cultural

Comemoração é neste domingo (4), às 11h, com live da Orquestra Sinfônica de Goiânia e cantora Maíra Lemos
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Cantora Maíra Lemos (Foto: Divulgação/Lorena Coelho)

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), comemora no próximo domingo (4), às 11h, os 79 anos do Batismo Cultural da Capital, lembrado no dia 5 de julho. Para a data, a Orquestra Sinfônica de Goiânia preparou uma live com a participação especial da cantora Maíra Lemos. A transmissão será ao vivo, direto do Teatro Goiânia, pelo canal da Orquestra no Youtube e Facebook.

A apresentação será com uma formação reduzida de cordas, sopros e percussão, observando rigorosamente todos os cuidados e recomendações das autoridades sanitárias em relação à pandemia da Covid-19.

No concerto, obras do maestro Joaquim Jayme e arranjos orquestrais de músicas tradicionais goianas como “Só”, “Noites Goianas”, “Balada Goiana”, e outras. Na voz de Maíra Lemos: “Meu Coração”, “De Dois”, e os clássicos internacionais “Memory” e “My Way”. Os arranjos orquestrais foram elaborados especialmente para o evento pelos maestros Sidney Ricardo e Eliseu Ferreira, que rege o concerto.

“É uma data importante no calendário da cidade e, devido à pandemia da Covid-19, é o segundo ano que realizamos a comemoração de forma online. Apesar das restrições, é importante relembrar a nossa história, a história da nossa cidade. Será uma manhã de domingo bem especial e todos estão convidados para ficar ligados de forma virtual”, afirma o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio.

Batismo Cultural

A solenidade do Batismo Cultural de Goiânia aconteceu no Cineteatro Goiânia. A sessão solene de inauguração reuniu governadores, intelectuais e ministros para discursos, entrega da chave da cidade ao primeiro prefeito, Venerando de Freitas; e uma movimentada programação cultural, que se estendeu de 1º a 11 de julho de 1942. A Capital é a única cidade do Brasil que tem esta denominação como a data de sua inauguração oficial.