Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis (GO) será debatida em encontro virtual

Evento vai elaborar ações de valorização e divulgação da festa, que é registrada como Patrimônio Cultural do Brasil
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Divulgação/Iphan)

A manifestação religiosa que cultua o Divino Espírito Santo de Pirenópolis e ações de preservação da festa serão debatidas por detentores e autoridades da área de cultura durante encontros virtuais, entre os dias 25 de março a 17 de junho.

Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada ao Ministério do Turismo e à Secretaria Especial da Cultura, o evento visa construir o Plano de Salvaguarda da Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, por meio de um diálogo entre detentores e instituições públicas envolvidas.

É no Plano de Salvaguarda que são definidas as diretrizes, ações e metas a serem realizadas a curto, médio e longo prazos, com o foco na preservação, ou seja, o fomento à Festa do Divino de Pirenópolis para que os valores ligados a ela sejam mantidos e transmitidos para as próximas gerações, criando modos de festejar voltados para a formação do gosto pela tradição em jovens e crianças. O Plano define metas e ações, com base nas principais demandas dos produtores da festa.

Nos encontros virtuais serão abordados quatro eixos temáticos: Mobilização Social e Alcance da Política; Gestão Participativa no processo de salvaguarda; Difusão e Valorização; e Produção e Reprodução Cultural. Em seguida, a equipe do Iphan-GO fará uma compilação de todas as propostas e a versão segue para aprovação do coletivo deliberativo de detentores.

“Esse é um momento importante em que os detentores e demais envolvidos na manifestação irão traçar metas específicas para a proteção da Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, a fim de ter sua transmissão garantida, e não correr o risco de extinção”, destaca o superintendente do Iphan-GO, Allyson Cabral.

Patrimônio de valor inestimável

A Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis é uma das principais manifestações de devoção religiosa popular do Brasil. Seu primeiro registro é de 1819, realizada sempre no período de Pentecostes, 50 dias após a Páscoa. A celebração articula o passado ao presente, envolvendo permanentemente toda a cidade.

Reconhecida pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil em 2010, a manifestação é inscrita no Livro de Registro das Celebrações. Durante quase 30 dias, a comunidade pirenopolina se envolve em novenas, folias, alvoradas, apresentações folclóricas e diversos outros rituais, que incluem as zonas rural e urbana em busca das bênçãos do Divino. Em função da pandemia do Covid-19, desde 2020 a festa não é realizada em sua totalidade.

Confira a programação completa dos encontros virtuais:

25 de março (quinta-feira) – 18h

Eixo 1: Mobilização Social e Alcance da Política
Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

15 de abril (quinta-feira) – 18h

Eixo 2: Gestão Participativa no processo de salvaguarda
Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

13 de maio (quinta-feira) – 18h

Eixo 3: Difusão e Valorização
Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

17 de junho (quinta-feira) – 18h

Eixo 4: Produção e Reprodução Cultural
Link: https://meet.google.com/vtg-asau-wry

Serviço:
Encontros virtuais de salvaguarda da Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis
Quando: Entre 25 de março a 17 de junho de 2021, sempre às 18h
Onde: online, através da plataforma Google Meet