Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Aplaudida de pé, Christiane Jatahy é a primeira artista brasileira a ganhar o prêmio Leão de Ouro

A premiação ocorreu durante o 50º Festival Internacional de Teatro
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Christiane Jatahy
Christiane Jatahy, brasileira que ganhou o Leão de Ouro. – (Foto: Divulgação)

Com mais de 30 anos de teatro, Christiane Jatahy é a primeira artista brasileira a ganhar o prêmio Leão de Ouro, na Bienal de Veneza. A premiação foi realizada durante o 50º Festival Internacional de Teatro, que começou no dia 24 de junho e decorre até dia 3 de julho.

A dramaturga, diretora e cineasta ganhou o prêmio pelo conjunto de sua obra, que, além de arte contemporânea e arquitetura, também contempla produção audiovisual. Nascida no Rio de Janeiro, em 1968, a carioca é considerada uma das personalidades que inovaram a cena teatral na Europa nos últimos anos.

Autora de obras premiadas, como A falta que nos move (2005), Julia (2011) e E se elas fossem para Moscou? (2014). Christiane foi a primeira brasileira a dirigir uma peça na Comédie-Française, de Paris, em 2017, com A regra do jogo, uma adaptação do filme de Jean Renoir. Considerada pelos organizadores do evento, os italianos Stefano Ricci e Gianni Forte, como “observadora impiedosa e aguda da crueldade violenta de nosso mundo”, foi aplaudida de pé pelas mais de 400 pessoas que estavam na cerimônia, em resultado de anos de tabalho.