21ª Goiânia Mostra Curtas divulga lista dos filmes selecionados

Festival exibe 86 obras de ficção, animação, documentário e experimental de todas as regiões do Brasil. Evento será online e gratuito, de 5 a 10 de julho
Entre os filmes selecionados está a obra “Ato”, ficção de 20 minutos de duração com direção de Bárbara Paz (Divulgação)

A 21ª Goiânia Mostra Curtas selecionou 86 filmes para as três categorias competitivas do festival – Curta Mostra Brasil (42), Curta Mostra Goiás (12), Curta Mostra Animação (14) – e para as não competitivas – 20ª Mostrinha (05) e Curta Mostra Especial (13). A lista completa está disponível no site do festival.

São 35 curtas de ficção, 19 documentários, 14 animações, e 5 experimentais, sendo produções de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal. Além dessas, outras 13 estarão na Curta Mostra Especial, não competitiva. Ao todo, são 86 filmes que poderão ser assistidos online e gratuitamente, de 5 a 10 de julho de 2022, na plataforma digital InnSaei.tv.

Este ano o número significativo de obras audiovisuais demonstra a força da produção audiovisual brasileira, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia e pela escassez de políticas públicas em prol da cultura. Segundo a diretora-geral da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, é preciso manter os esforços e dedicação para a realização desses festivais, para a formação dessa plateia. E isso não só em Goiás, mas em todo o Brasil.

“Esta é uma forma de reforçar a continuação da produção de curtas-metragens, discutir a importância dessas produções no Brasil e, assim, ampliar o espaço que já vem sendo conquistado no exterior. E é o mercado cinematográfico o responsável pela grande parte da manutenção da indústria do audiovisual no país, movimentando a economia criativa, gerando capacitação de profissionais, com geração de empregos e renda”, ressalta Maria Abdalla.

A 21ª Goiânia Mostra Curtas encerrou as inscrições para filmes no último dia 6 de abril, com 858 obras enviadas. Dentre os filmes, o festival recebeu inscrições de 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, sendo que 451 de ficção, 263 documentários, 93 curtas experimentais e 51 animações.

De acordo com Maria Abdalla, a participação de quase todo o Brasil revela uma grande ânsia para alavancar a produção audiovisual brasileira. “É isso que renova as nossas forças para seguir com a luta diária que vivemos para realizar os festivais, para que nossas produções tenham a visibilidade que elas merecem dentro e fora do País”, pontua.

Categorias e curadorias

Na Curta Mostra Brasil, que apresenta um panorama da produção nacional em curta-metragem, com curadoria de Rafael de Almeida, são 42 filmes. “Nosso gesto curatorial foi de refletir sobre como essa produção brasileira recente reage à sensação de um mundo em suspenso, que nos foi imposto pelo cenário pandêmico e seus desdobramentos. A composição dos quatro programas de filmes foi pensada a partir desse questionamento”, explica o curador da Curta Mostra Brasil, Rafael de Almeida, diretor, pesquisador e professor de audiovisual.

Para dar visibilidade à produção local, que se encontra em franco desenvolvimento e ascensão, a Curta Mostra Goiás apresenta 12 filmes, tendo como curador Fábio Rodrigues Filho: “Estão reunidos trabalhos realizados entre 2020 e 2022, perfazendo um recorte pequeno, múltiplo e vigoroso da produção no estado de Goiás. Agrupamos os filmes em três programas. Tais programas buscam criar vizinhanças (por ressonância, contraste etc.) entre os filmes querendo a um só tempo realçar suas singularidades e amplificar suas forças e engajamentos”.

Já na 20ª Mostrinha, dedicada ao público infantil, serão 5 filmes exibidos, com destaque para o tema ancestralidade. “Em tempos de urgência em falar de ancestralidade, rastreando nossas origens, quem somos e de onde viemos, esta seleção reúne curtas de cinco estados brasileiros protagonizados por crianças e atravessados pela poesia e pelo humor, pela ausência e pela memória, pela melancolia e pela afirmação da identidade”, afirma a curadora Gabriela Romeu.

Na Curta Mostra Animação, estão 14 produções selecionadas pelo curador Cesar Cabral. Em breve serão divulgados os 13 filmes selecionados para a Curta Mostra Especial, com a curadoria de Talita Arruda e Melina Bomfim.

Premiação

A participação na 21ª Goiânia Mostra Curtas é gratuita e as produções selecionadas para as mostras competitivas desta edição concorrem a prêmios nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Prêmio Especial do Júri.

O júri oficial que elegerá os filmes é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema. Os filmes vencedores serão contemplados com prêmios oferecidos pelas empresas parceiras do festival, como locação de equipamentos e estúdios, consultorias, bolsas de cursos online, serviços de pós-produção e finalização, além de prêmios de aquisição. Para conferir a lista de prêmios, basta acessar o site do festival.

Confira os prêmios oferecidos pelas empresas parceiras da 21ª Goiânia Mostra Curtas para as mostras competitivas Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação:

  • SescTV: prêmio de aquisição no valor de R$ 4.000 e contrato de exibição por dois anos na programação do SescTV;
  • Effects: prêmio de Edição de Som;
  • Link Digital: prêmio de correção de cor em Resolve e Encode DCP de curtas de até 15 min de duração (material deve vir em ProRes HQ 422 a 24p);
  • CiaRio: prêmio Edina Fujii no valor de R$ 8.000,00 em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria, da empresa NAYMOVIE. Válido por 1 ano;
  • DOT Cine: 2 diárias de Scratch para correção de cor (2k); 2 diárias de finalização (2k) e 01 cópia em DCP;
  • Mistika: prêmio no valor de R$ 3.000,00 em serviços de pós-produção;
  • C/as4tro: 2 diárias de consultoria em produção executiva via Skype;
  • Ultrassom Music Ideas: 8 horas de estúdio para mixagem de som, incluindo serviços técnicos;
  • Estúdio JLS: 2 diárias de locação de estúdio de mixagem de som;
  • Academia Internacional de Cinema – AIC: bolsas de cursos online na AIC;
  • Centro Técnico Audiovisual – CTAv: encode DCP de curta-metragem de até 20 minutos de duração com HD externo incluso (material deve ser entregue em 24p).

Programação

Este ano a GMC terá três mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação. Além dessas, terá outras duas sem caráter competitivo: a 20ª Mostrinha, com curtas voltados ao público infanto-juvenil; e a Curta Mostra Especial, que a cada edição aborda temáticas relevantes do cotidiano para promover a reflexão, a representatividade e a discussão sobre o assunto escolhido.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas inclui a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, masterclass, debates – homenagem e outras atrações.

Deixe um comentário


Confira também