Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

21ª Goiânia Mostra Curtas divulga lista dos filmes selecionados

Festival exibe 86 obras de ficção, animação, documentário e experimental de todas as regiões do Brasil. Evento será online e gratuito, de 5 a 10 de julho
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Entre os filmes selecionados está a obra “Ato”, ficção de 20 minutos de duração com direção de Bárbara Paz (Divulgação)

A 21ª Goiânia Mostra Curtas selecionou 86 filmes para as três categorias competitivas do festival – Curta Mostra Brasil (42), Curta Mostra Goiás (12), Curta Mostra Animação (14) – e para as não competitivas – 20ª Mostrinha (05) e Curta Mostra Especial (13). A lista completa está disponível no site do festival.

São 35 curtas de ficção, 19 documentários, 14 animações, e 5 experimentais, sendo produções de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal. Além dessas, outras 13 estarão na Curta Mostra Especial, não competitiva. Ao todo, são 86 filmes que poderão ser assistidos online e gratuitamente, de 5 a 10 de julho de 2022, na plataforma digital InnSaei.tv.

Este ano o número significativo de obras audiovisuais demonstra a força da produção audiovisual brasileira, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia e pela escassez de políticas públicas em prol da cultura. Segundo a diretora-geral da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, é preciso manter os esforços e dedicação para a realização desses festivais, para a formação dessa plateia. E isso não só em Goiás, mas em todo o Brasil.

“Esta é uma forma de reforçar a continuação da produção de curtas-metragens, discutir a importância dessas produções no Brasil e, assim, ampliar o espaço que já vem sendo conquistado no exterior. E é o mercado cinematográfico o responsável pela grande parte da manutenção da indústria do audiovisual no país, movimentando a economia criativa, gerando capacitação de profissionais, com geração de empregos e renda”, ressalta Maria Abdalla.

A 21ª Goiânia Mostra Curtas encerrou as inscrições para filmes no último dia 6 de abril, com 858 obras enviadas. Dentre os filmes, o festival recebeu inscrições de 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, sendo que 451 de ficção, 263 documentários, 93 curtas experimentais e 51 animações.

De acordo com Maria Abdalla, a participação de quase todo o Brasil revela uma grande ânsia para alavancar a produção audiovisual brasileira. “É isso que renova as nossas forças para seguir com a luta diária que vivemos para realizar os festivais, para que nossas produções tenham a visibilidade que elas merecem dentro e fora do País”, pontua.

Categorias e curadorias

Na Curta Mostra Brasil, que apresenta um panorama da produção nacional em curta-metragem, com curadoria de Rafael de Almeida, são 42 filmes. “Nosso gesto curatorial foi de refletir sobre como essa produção brasileira recente reage à sensação de um mundo em suspenso, que nos foi imposto pelo cenário pandêmico e seus desdobramentos. A composição dos quatro programas de filmes foi pensada a partir desse questionamento”, explica o curador da Curta Mostra Brasil, Rafael de Almeida, diretor, pesquisador e professor de audiovisual.

Para dar visibilidade à produção local, que se encontra em franco desenvolvimento e ascensão, a Curta Mostra Goiás apresenta 12 filmes, tendo como curador Fábio Rodrigues Filho: “Estão reunidos trabalhos realizados entre 2020 e 2022, perfazendo um recorte pequeno, múltiplo e vigoroso da produção no estado de Goiás. Agrupamos os filmes em três programas. Tais programas buscam criar vizinhanças (por ressonância, contraste etc.) entre os filmes querendo a um só tempo realçar suas singularidades e amplificar suas forças e engajamentos”.

Já na 20ª Mostrinha, dedicada ao público infantil, serão 5 filmes exibidos, com destaque para o tema ancestralidade. “Em tempos de urgência em falar de ancestralidade, rastreando nossas origens, quem somos e de onde viemos, esta seleção reúne curtas de cinco estados brasileiros protagonizados por crianças e atravessados pela poesia e pelo humor, pela ausência e pela memória, pela melancolia e pela afirmação da identidade”, afirma a curadora Gabriela Romeu.

Na Curta Mostra Animação, estão 14 produções selecionadas pelo curador Cesar Cabral. Em breve serão divulgados os 13 filmes selecionados para a Curta Mostra Especial, com a curadoria de Talita Arruda e Melina Bomfim.

Premiação

A participação na 21ª Goiânia Mostra Curtas é gratuita e as produções selecionadas para as mostras competitivas desta edição concorrem a prêmios nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Prêmio Especial do Júri.

O júri oficial que elegerá os filmes é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema. Os filmes vencedores serão contemplados com prêmios oferecidos pelas empresas parceiras do festival, como locação de equipamentos e estúdios, consultorias, bolsas de cursos online, serviços de pós-produção e finalização, além de prêmios de aquisição. Para conferir a lista de prêmios, basta acessar o site do festival.

Confira os prêmios oferecidos pelas empresas parceiras da 21ª Goiânia Mostra Curtas para as mostras competitivas Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação:

  • SescTV: prêmio de aquisição no valor de R$ 4.000 e contrato de exibição por dois anos na programação do SescTV;
  • Effects: prêmio de Edição de Som;
  • Link Digital: prêmio de correção de cor em Resolve e Encode DCP de curtas de até 15 min de duração (material deve vir em ProRes HQ 422 a 24p);
  • CiaRio: prêmio Edina Fujii no valor de R$ 8.000,00 em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria, da empresa NAYMOVIE. Válido por 1 ano;
  • DOT Cine: 2 diárias de Scratch para correção de cor (2k); 2 diárias de finalização (2k) e 01 cópia em DCP;
  • Mistika: prêmio no valor de R$ 3.000,00 em serviços de pós-produção;
  • C/as4tro: 2 diárias de consultoria em produção executiva via Skype;
  • Ultrassom Music Ideas: 8 horas de estúdio para mixagem de som, incluindo serviços técnicos;
  • Estúdio JLS: 2 diárias de locação de estúdio de mixagem de som;
  • Academia Internacional de Cinema – AIC: bolsas de cursos online na AIC;
  • Centro Técnico Audiovisual – CTAv: encode DCP de curta-metragem de até 20 minutos de duração com HD externo incluso (material deve ser entregue em 24p).

Programação

Este ano a GMC terá três mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação. Além dessas, terá outras duas sem caráter competitivo: a 20ª Mostrinha, com curtas voltados ao público infanto-juvenil; e a Curta Mostra Especial, que a cada edição aborda temáticas relevantes do cotidiano para promover a reflexão, a representatividade e a discussão sobre o assunto escolhido.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas inclui a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, masterclass, debates – homenagem e outras atrações.