Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Quintal nas alturas: apartamentos com área verde privativa garantem bem-estar e conforto

Construtora aposta em contato com a natureza como tendência em empreendimento
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Casa Brasileira contará com Jardins Suspensos (Projeção/ imagem ilustrativa)

A rotina diária nas grandes cidades distancia as pessoas do contato com a natureza. O asfalto e o concreto se misturam com a agitação do trabalho e do trânsito, sem mencionar o contato com a poluição do ar e sonora. Esse distanciamento pode resultar em cansaço mental e estresse.

Pesquisa realizada pela Universidade de Brasília mostra que o contato com a natureza aumenta a saúde e o bem-estar. Pelo menos 33 pessoas foram testadas por meio de caminhada de 30 minutos em um parque e também no centro da capital federal. Houve relatos emocionais após o contato com área verde, enquanto a exposição urbana causou emoções negativas e até diminuição da felicidade.

Pensando em proporcionar mais bem-estar aos moradores, a construção civil tem adotado cada vez mais os espaços verdes em seus empreendimentos. A Consciente Construtora e Incorporadora, por exemplo, vem apostando nessa ideia e inova com os quintais elevados. Segundo o gerente comercial da construtora, Felipe Melazzo, o mais recente empreendimento imobiliário da empresa, o Casa Brasileira Consciente, teve mais da metade dos apartamentos com quintais vendidos com apenas uma semana de lançamento.

“As pessoas passaram a ficar mais tempo em casa nesses últimos dois anos, limitando até mesmo viagens. Dessa forma, é normal que os novos empreendimentos busquem satisfazer essa demanda crescente”, destaca Felipe, ao detalhar que o período de isolamento social por causa da Covid-19 fez com que as pessoas sentissem falta e buscassem ainda mais contato com a natureza, principalmente com a expansão do home office.

A empresa segue a tradição de investir em espaços verdes, situação que se intensificou nos últimos anos. Prestes a completar 40 anos de atuação na construção civil, a Consciente já entregou quase 10 mil m² de áreas verdes em seus 27 empreendimentos lançados desde a fundação. O residencial Gaia Consciente Home, entregue no ano passado, conta com 32,8% de área verde sobre a área do terreno, sendo o primeiro com horta, pomar e teto verde com placas fotovoltaicas em Goiânia. Já o World Trade Center (WTC) Goiânia contará com uma praça de mais de 2 mil m² que ficará disponível para os moradores e visitantes.

Com cara de casa

De acordo com Felipe, o Casa Brasileira busca atender as demandas por áreas verdes nos empreendimentos, inclusive em áreas privativas. Além disso, os apartamentos buscam transmitir a sensação de casa, como o próprio nome sugere. “As pessoas buscam mais segurança ao morar em prédios, mas ao mesmo tempo, algumas pesquisas também apontam que os goianienses gostam de morar em casas. Nesse projeto, buscamos aliar esses dois fatores ao adotar apartamentos com quintais”, destaca o gerente comercial.

Segundo pesquisa da Brain Inteligência Estratégia, 54% das pessoas preferem morar em casas a apartamentos. “O objetivo é justamente proporcionar a essas pessoas a experiência de morar em um apartamento, mas, ao mesmo tempo, se sentir morando em casa, tendo acesso a segurança proporcionada por esses imóveis”, finaliza.