Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Patricia Neto celebra o bem-estar em ambiente da Mostra Artefacto 2021

Em sua primeira participação no evento, arquiteta se inspira na conexão com a natureza para criar o espaço “Estar e Quarto do Casal”
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Raphael Briest)

Um projeto a favor do bem-estar, que reconecta a casa com o natural. Esta foi a proposta de Patrícia Neto, arquiteta, urbanista e especialista em gestão e gerenciamento de obras, para o ambiente “Estar e Quarto do Casal” na Mostra Artefacto 2021.

A edição deste ano do evento, que ocorre em diversas cidades brasileiras, marca a primeira participação de Patrícia na mostra. Com o tema “DNA Natural”, a edição de 2021 celebra os 45 anos da empresa de móveis de alto padrão. “A Artefacto é uma marca objeto de desejo, conceituada por qualidade, nobreza, requinte e conforto”, elogia a arquiteta.

Para o projeto na mostra, Patrícia se inspirou no conceito de saudabilidade, cada vez mais em voga na arquitetura mundial. A ideia é propor um espaço que privilegia a luz natural e o uso de materiais sustentáveis, sem composição tóxica.

O protagonismo do “DNA Natural” no ambiente começa com os painéis pivotantes de trama, da coleção Vertisi da Cinex. Sua textura com materiais naturais resgata a origem ancestral do tear e cria um belo jogo de luz e sombra, que traz aconchego ao espaço.

Para o teto e paredes, Patrícia optou pela cor verde, que “simboliza o crescimento, a harmonia e o frescor”, explica. O tom escolhido, mais neutro, é a combinação ideal para o papel de parede floral Natural Delight, do Estúdio Orlean, que traz personalidade ao projeto.

Já para a parede da escrivaninha, a arquiteta escolheu as pedras travertino. Em corte assimétrico, elas trazem elegância ao ambiente e são mais um elemento de conexão com o meio ambiente. “Somos seres da natureza, e por instinto e necessidade, sentimos falta desse contato com o que é natural. Vegetação, texturas naturais como pedra e fibras, o cheiro e o sabor com memória afetiva, naturalmente nos conectam com a natureza”, comenta Patrícia.

Os materiais naturais também estão presentes no mobiliário e na decoração. Dentre os móveis, o destaque fica por conta das poltronas Petrer, em fibra natural, e a cabeceira Harrison, em couro e linho, ambas da Artefacto. Já entre os itens decorativos, os vasos de cerâmica da Organne, de origem vietnamita e produção artesanal secular, prometem encantar os visitantes.

Quanto a iluminação, a preferência foi por uma mais cênica e suave, mas com o toque contemporâneo das luminárias da Interpam, assinadas pelo goiano Leo Romano. Para arrematar, obras de artistas como Vivian Dollinger, Telma Alves, Siron Franco e Hal Wildson dão vida ao ambiente.

(Foto: Raphael Briest)
(Foto: Raphael Briest)
(Foto: Raphael Briest)

Serviço:
Mostra Artefacto:
45 anos com DNA Natural – Edição Goiânia
Quando:
De 20 de maio à 20 de dezembro de 2021
Local:
Artefacto Goiânia – Avenida 136, nº 290 Quadra 238, lote 18/19 – St. Marista – Goiânia – GO
Visitação:
De segunda à sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados das 9h às 13h.