Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Arquiteto Lucas Machado assina ambiente que instiga a conexão entre as pessoas e a natureza na Casa Cor Goiás 2021

Com ares de ponto de encontro, espaço desenvolvido pelo profissional prima pela vegetação abundante, elementos naturais em destaque e uma atmosfera de relaxamento
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
“O ambiente surge dessa necessidade de criar espaços onde as pessoas possam se conectar umas com as outras e com o meio natural”, explica o arquiteto Lucas Machado (Foto: Edgard Cesar)

Desacelerar, sentir o lugar ao redor, visualizar o outro e enxergá-lo, relembrar as memórias calorosas, receber a família. É a partir dessa ideia que surge o conceito do ambiente assinado pelo arquiteto Lucas Machado na Casa Cor Goiás 2021. Intitulado “Convívio”, o espaço de 190 metros quadrados propõe uma experiência que alia o sensorial ao prático para instigar a conexão interpessoal e com a natureza. Bem-estar, sensação de relaxamento, saúde e conforto emocional estão entre os elementos que compõem a essência do projeto, conforme lista o profissional.

“A relação das pessoas com o digital e os artifícios tecnológicos tem nos mostrado que é preciso se desligar um pouco. O ambiente surge dessa necessidade de criar espaços onde as pessoas possam se conectar umas com as outras e com o meio natural”, afirma o arquiteto, que faz sua estreia na mostra. Ele ainda explica que parte fundamental do projeto partiu do conceito de design biofílico. “É um conceito que chega para resgatar ambientes naturais e trazê-los aos espaços construídos pelo homem, conectando nossa necessidade inerente de afiliar a natureza ao ambiente moderno construído”, esclarece.

A inspiração vem dos refúgios verdes da vida cotidiana, como praças, parques e jardins. Desse modo, a presença abundante de vegetação promove um predomínio de verde que convida à tranquilidade, com um jardim vertical de 20 metros quadrados. “E também me preocupei em dispor mais pontos de paisagismo distribuídos estrategicamente por todo o ambiente, melhorando a qualidade do ar, a climatização do local e o aumento da umidade”, complementa Lucas.

Compondo, ainda, com a harmonização suave e aconchegante proposta, o espaço conta com outros elementos naturais em evidência. “O piso amadeirado, o teto com palha lugano, uma palha de fibra natural na cor branca, uma parede revestida com pedra natural, cestos e peneiras de palha, e o macramê, reunidos, oferecem uma variedade de texturas e padrões que reproduzem variação sensorial que experimentamos na natureza e que conduzem um retorno às origens”, conjectura.

A memória afetiva do arquiteto também está presente em cada cantinho do espaço, como ele conta. A lembrança da avó sentada em um banco que ficava na porta de casa, a peneira na qual ela coava o café quentinho, os tecidos que a matriarca costurava para os netos, a infância no quintal envolto por muitas plantas e árvores. “Eu cresci em uma casa muito arborizada, com muito verde. O local onde a minha família se reunia e confraternizava era no próprio quintal, então é algo muito presente nas minhas lembranças. Quando eu comecei a relacionar o meu projeto, foi muito gostoso revisitar a minha própria casa original. E eu acho que é o que mais vale a pena e se tornou a missão do ambiente: resgatar o calor humano”, afirma ele.

O profissional também chama atenção para a relevância que os espaços abertos adquiriram diante do cenário de pandemia. “Jardins e varandas ganharam uma importância ainda maior nas residências que desejam oferecer qualidade de vida e conexão entre as pessoas. Por isso, o “Convívio” é destinado a todos os perfis de público, é um espaço democrático. Meu intuito foi criar um ambiente com elementos que conduzam a uma espécie de retorno às origens e a memória da casa em sua essência original, no seu sentido de acolhimento”, conclui.

Com o tema “Casa Original”, a Casa Cor Goiás inaugura no dia 28 de agosto, em uma área anexa ao Flamboyant Shopping, com entrada pelo Garden do Shopping, e segue aberta à visitação até 12 de outubro.

(Foto: Edgard Cesar)
(Foto: Edgard Cesar)
Arquiteto Lucas Machado (Foto: Pedro Mota)

Serviço:
Espaço “Convívio” do arquiteto Lucas Machado na Casa Cor Goiás 2019
Onde
: Área anexa ao Flamboyant Shopping – Avenida Deputado Jamel Cecílio, 3300 – Jardim Goiás
Quando: 28 de agosto a 12 de outubro
Ingressos:  https://linktr.ee/CASACORGOIAS