CULTURA - 08/01/2019

Dia Nacional da Fotografia: 10 fotógrafos brasileiros que você precisa conhecer



Julie Tsukada

A partir de um clique, se faz um registro para a história. É esta a mágica da fotografia, tecnologia que revolucionou para sempre a humanidade. Seja em um viés artístico ou jornalístico, a foto revela uma dimensão histórica que envolve contexto, cultura e o olhar daquele que a fotografa.

Nesta terça-feira (8), quando é celebrado no Brasil o Dia Nacional da Fotografia e o Dia Nacional do Fotógrafo, Zelo selecionou 10 fotógrafos brasileiros com um trabalho. Confira!

Sebastião Salgado

Fotografia parte do projeto "Genesis", voltado a paisagens e animais (Foto: Sebastião Salgado)

Quando se fala em fotografia brasileira, impossível não pensar em Sebastião Salgado. Mineiro, natural de Aimorés, é conhecido e premiado mundialmente pelo seu trabalho voltado a condição humana em diferentes partes do planeta e uso apurado do preto e branco. É o primeiro brasileiro a integrar a Academia de Belas Artes da França e já contribuiu com organizações humanitárias, como o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e a Anistia Internacional.

Luisa Dörr

"The Bride's Veil", foto do projeto de Luisa Dörr que retrata mulheres da Congregação Cristã no Brasil (Foto: Luisa Dörr)

Com um trabalho voltado a retratos, mas realizado em um viés contemporâneo, a gaúcha Luisa Dörr já conquistou publicações como a CNN, Wired New Yorker, Vogue, Marie Claire e Vice. Com exposições solo e em grupo em países como o Brasil, Estados Unidos, Espanha, França, Portugal, Inglaterra e Rússia, Dörr foi selecionada pela Revista Time como uma das 34 fotojornalistas mulheres para se prestar atenção. No mesmo veículo, Dörr realizou um de seus trabalhos mais conhecidos: as fotografias pelo smartphone de 46 mulheres para a coleção “Firsts”.

Araquém Alcântara

Trabalho da coleção de Araquém que retrata a atuação de profissionais no programa Mais Médicos (Foto: Araquém Alcântara)

Um dos precursores da fotografia de natureza no Brasil, além de ser um dos mais importantes fotógrafos em atuação no país, Araquém de Alcântara tem seu trabalho dedicado à documentação do meio ambiente e do povo brasileiro. Premiado mundialmente, tem uma vasta produção, com 47 livros sobre temas ambientais e 75 exposições individuais. É também um dos mais combativos artistas em defesa do patrimônio natural do país.

Vania Toledo

Show na boate O Beco, de São Paulo, em 1972 (Foto: Vania Toledo)

A paixão pelo ser humano e seus detalhes levou a mineira Vania Toledo a ser uma das mais conhecidas fotógrafas retratistas do país. Autodidata, seu cuidado com cada modelo e observação minuciosa fizeram seu trabalho estar em diferentes jornais e revistas do Brasil e do exterior como Vogue, Interview, Claudia, Veja, IstoÉ, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Time e Life. Além disso, também produziu capas de livros e discos e calendários.

Gervásio Baptista

A última foto pública de Tancredo Neves, feita com seus médicos (Foto: Gervásio Baptista)

Conhecido como o “Fotógrafo dos presidentes”, Gervásio Baptista é um dos mais importantes fotojornalistas do país. Suas lentes registraram nomes da política brasileira como Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek Tancredo Neves, José Sarney, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, além de grandes fatos históricos como a Revolução dos Cravos, em Portugal, e a guerra do Vietnã.

Alice Martins

Alice é uma das únicas fotojornalistas latinas com o trabalho focado no Oriente Médio (Foto: Alice Martins)

Com um trabalho focado em crises humanitárias e conflitos armados no Oriente Médio, como a guerra na Síria e os conflitos contra o ISIS no Iraque, Alice Martins se estabeleceu como um dos grandes nomes do fotojornalismo brasileiro. A brasileira também foi homenageada pela Revista Time em sua lista de fotojornalistas de 2017. Já colaborou com Harper’s, Time, Stern, Newsweek e The Washington Post.

Hélio de Oliveira

Avenida Goiás em 1950 (Foto: Hélio de Oliveira)

Natural de Buriti Alegre, o goiano Hélio de Oliveira é o responsável pelas mais famosas fotografias de Goiânia em seus primeiros anos. Ainda garoto, se mudou com os pais para a capital goiana, em 1935. Começou a se interessar pela fotografia em Uberlândia, onde concluiu o colegial. De volta a Goiânia, registrou reuniões sociais, atividades esportivas, eventos políticos, ruas, bairros e personalidades.

Tatiana Altberg

Fotografia do livro "Sí por Cubas" (Foto: Tatiana Altberg)

Natural do Rio de Janeiro, Tatiana Altberg é designer e fotógrafa com ampla experiência em projetos ligados à fotografia. É dela o livro de fotografia “Sí Por Cuba” e o projeto MIRADA -Oficina de imagens e narrativas para jovens da favela da Maré, que em 2006 gerou o livro “Mão na Lata e Berro D'água”. Criou o núcleo de fotografia pinhole do Observatório de Favelas e tem trabalhos pertencentes a Coleção Joaquim Paiva, expostas em Nice, no Théâtre de la Photographie et de l’Image Charles Nègre, .

Evandro Teixeira

Foto da Passeata dos Cem Mil, organizada pelo movimento estudantil em 1968, durante o Regime Militar, no Rio de Janeiro (Foto: Evandro Teixeira)

Outro grande nome do fotojornalismo brasileiro, Evandro Teixeira se consolidou pela cobertura jornalística versátil, desde os temas políticos até a fotografia de esporte. Construiu a maior parte de sua carreira no Jornal do Brasil, onde ficou de 1963 até 2010. Grandes momentos históricos, como a chegada do general Castello Branco ao forte Copacabana durante o golpe militar de 1964, a repressão ao movimento estudantil no Rio de Janeiro, em 1968, e a queda do governo Salvador Allende no Chile, em 1973, foram fotografadas por suas lentes.

Isabella Lanave

Isabella trabalha com questões sociais, de saúde mental gênero em um viés latino-americano (Foto: Isabella Lanave)

A curitibana Isabella Lanave, com apenas 24 anos, já é uma das grandes promessas da fotografia brasileira. Seu trabalho, voltado a temas ligados a saúde mental, gênero e questões sociais na América Latina chamou a atenção da Revista Time, que a incluiu na lista de 34 fotojornalistas para serem seguida. É co-fundadora da YVY Mulheres da Imagem, iniciativa que reúne e busca fortalecer, defender e difundir mulheres de todo o Brasil ligadas ao universo da imagem.

Veja também