CULTURA - 09/04/2017

Dead Fish fecha primeira edição do GO Art com chave de ouro

Show acontecerá no domingo, 9, às 21h, na Diablo Pub. Ingressos estão sendo vendidos pelo preço promocional de R$ 30


Dead Fish
 
A banda independente de hardcore Dead Fish promete uma apresentação especial neste domingo, 9 de abril, em Goiânia. O show, que acontecerá às 21h, na Diablo Pub, homenageará os 25 anos de história do grupo e também fechará a programação da primeira edição do GO Art, festival de artes integradas que segue até amanhã, 8 de abril, na Vila Cultural Cora Coralina. 
 
Além de abrir shows para grandes bandas de punk rock e hardcore internacionais, o Dead Fish é “headliner” de grandes shows por todo o Brasil. Formado em Vitória/ES no ano de 1991 e composto por Rodrigo (vocal), Ric (guitarra), Alyand (baixo) e Marcão (bateria), o grupo conquistou o VMB de banda revelação e de melhor banda de hardcore, nos anos de 2004 e 2009, respectivamente.
 
O quarteto também é considerado um dos melhores grupos de hardcore do país pelo idealizador do GO Art, Pedro Henrique Brito. “Para mim, o Dead Fish é uma das bandas mais excepcionais. Eles foram escolhidos justamente pela história, relevância e importância que têm para a música no nosso país”, reforça.
 
Há mais de 10 anos na produção de shows, festivais, convenções e turnês, Brito não hesita em dizer que “música é a melhor forma para iniciar e encerrar um ciclo”. “A música dá clima de festa, confraternização. Começamos o festival com um show mais leve, teatral e encerraremos com rock and roll e hardcore para contemplar todos os gostos”, conta.
 
Os ingressos estão sendo vendidos pelo preço promocional de R$ 30 até a véspera do show, no site www.sympla.com.br. No dia do evento, eles poderão ser adquiridos pelo valor de R$ 40, diretamente na bilheteria da Diablo Pub.
 
GO Art 2017
 
Com o objetivo de agregar e disseminar as diferentes formas de manifestações culturais que, de maneira direta ou indireta, fazem parte do cotidiano, o GO Art conta com uma programação eclética que inclui workshops, palestras, exposições, grafittis, fotografia, música, gastronomia e cinema, todos alinhados à tatuagem. O evento é uma realização da Taboo Produções com o apoio institucional da Prefeitura de Goiânia.

Veja também