CULTURA - 03/09/2018

18ª Goiânia Mostra Curtas promove Feira Audiovisual durante a mostra


 O diretor francês Juliano Salgado irá ministrar Oficina de Documentário durante a feira (Foto: Divulgação)

Em sua 18ª edição, a Goiânia Mostra Curtas revela uma novidade - a Feira Audiovisual, que será realizada entre os dias 3 e 5 de outubro, na Vila Cultural Cora Coralina. As inscrições para participar do evento estão abertas desde a última segunda-feira (27) pelo site da mostra.

Sob coordenação da jornalista e produtora cultural Leila Bourdoukan e curadoria do produtor e diretor audiovisual Ivan Melo, ao longo dos três dias de programação, a Feira Audiovisual vai contar com duas oficinas, duas masterclasses, dois painéis e um lounge voltado para networking. A proposta é ampliar o público de curta-metragem e oferecer mais que um encontro entre profissionais, mas também um espaço para a capacitação e estabelecimento de uma rede de contatos nacionais e internacionais.

As oficinas serão divididas em duas categorias. A Oficina de Documentário, realizada durante os três dias da Feira, das 9h às 13h, será ministrada pelo premiado diretor francês Juliano Salgado. Responsável pelo documentário “O Sal da Terra”, Juliano recebeu prêmios internacionais, dentre eles, o Prêmio Especial do Júri Un Certain Regard no Festival de Cannes, um César de melhor documentário Francês e nominado ao Oscar, em 2015.

A Oficina de Produção, também realizada durante os três dias da Feira, das 9h às 13h, será ministrada pela produtora francesa, radicada no Brasil desde 2002, Emilie Lesclaux. A profissional que iniciou sua carreira com curtas-metragens, também carrega um currículo de premiações e produções de importantes obras, como “O Som ao Redor”, selecionado em mais de 100 festivais de cinema, vencedor de 32 prêmios e representante do Brasil no Oscar, na categoria de melhor filme estrangeiro de 2010. Lesclaux ainda produziu o longa “Aquarius”, do diretor Kleber Mendonça Filho e está produzindo “Bacurau”, também de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles.

O produtor e diretor audiovisual Ivan Melo é o responsável pela curadoria da Feira Audiovisual (Foto: Divulgação)

Também serão realizadas duas Masterclasses de direção. O historiador, roteirista e diretor André Novais estará à frente da masterclass que será apresentada no dia 3 de outubro, das 10h às 13h, quando irá falar sobre os desafios da realização, modos de trabalho, temas, formas de produção e distribuição entre curtas e longas-metragens. A segunda masterclass, sobre Direção de Atores, será realizada no dia 4 de outubro, das 10h às 13h, e contará com a presença do diretor e produtor Marcelo Caetano, premiado diversas vezes pelo longa “Corpo Elétrico”, que teve sua estreia exibida no Festival de Roterdam 2017, na Holanda, e distribuído em mais de dez países. 

Ainda, nos dias 3 e 4 de outubro, das 15h às 17h, serão apresentados painéis sobre “Curta-metragem - produto cultural ou comódite audiovisual?” e “Financiamento e apoios para Curtas Metragens”, respectivamente. Os painéis irão reunir um time de profissionais, entre produtores culturais e distribuidores.

Todos os dias durante a feira, das 17h às 19h, o lounge terá acesso gratuito a todos os tipos de público que deseja conhecer e estabelecer uma rede de contatos, com destaque para estudantes do audiovisual, roteiristas, diretores, produtores e quem deseja conhecer mais sobre o universo cinematográfico

O custo para participar das duas oficinas é de R$ 100,00, enquanto o painel e a masterclass serão cobrados por dia, R$60 cada, com direito a participação nas duas sessões que serão realizadas ao longo do dia. Os que desejarem participar dos dois dias de painéis e oficina têm a opção de adquirir o passaporte, por R$100,00.

Anote!
Feira Audiovisual da Goiânia Mostra Curtas
Data: 3, 4 e 5 de outubro
Local: Vila Cultural Cora Coralina
Valores:
Oficina dia 1 e 2: R$100,00
Painel + Masterclass dia 1: R$60,00
Painel + Masterclass dia 2: R$60,00
Pacote dois dias de painel e masterclass: R$100,00
www.goianiamostracurtas.com.br

Veja também