Visite Leeuwarden, a Capital Cultural da Europa em 2018

<p><img style="display: block; margin-left: auto; margin-right: auto;" src="https://revistazelo.com.br/public/backend/midias/tinymce/Trends%20-%20Noivas/Leeuwarden%20canals%20by%20night%20-%20high_rgb_3574.jpg" alt="(Foto: Divulga&ccedil;&atilde;o)" width="800" height="659" /></p>
<p style="text-align: justify;">H&aacute; apenas uma hora e meia de Amsterd&atilde;, a cidade de de&nbsp;<a href="https://www.holland.com/br/turismo/destinos/leeuwarden-20.htm" target="_blank">Leeuwarden</a>, na regi&atilde;o da Fr&iacute;sia, acaba de ser anunciada como Capital Cultural da Europa em 2018. A cidade &eacute; um dos tesouros mais bem guardados do pa&iacute;s, onde o famoso artista gr&aacute;fico M.C. Escher e a misteriosa dan&ccedil;arina&nbsp;<a href="https://www.holland.com/br/turismo/article/mata-hari-18.htm" target="_blank">Mata Hari</a>&nbsp;nasceram.</p>
<p style="text-align: justify;">O projeto criado pela Uni&atilde;o Europeia destaca a diversidade cultural no continente e promove a contribui&ccedil;&atilde;o da cultura para o desenvolvimento das cidades. Ser nomeada uma Capital Cultural da Europa – apenas duas por ano ostentam o t&iacute;tulo – &eacute; n&atilde;o s&oacute; uma grande honra, mas tamb&eacute;m uma &oacute;tima oportunidade para impulsionar o turismo local, ao mesmo tempo que melhora a imagem da cidade pela perspectiva dos pr&oacute;prios habitantes.</p>
<p style="text-align: justify;">Os programas t&iacute;picos de Leeuwarden incluem fazer compras nas ruas estreitas e charmosas, desfrutar de um passeio de barco pelos canais centen&aacute;rios e descobrir as ra&iacute;zes culturais da Fr&iacute;sia no&nbsp;<a href="https://www.holland.com/global/tourism/destinations/provinces/friesland/fries-museum-1.htm" target="_blank">Museu Fries</a>. Em 2018, os roteiros tur&iacute;sticos b&aacute;sicos s&atilde;o refor&ccedil;ados com uma rica programa&ccedil;&atilde;o cultural, que se estende tamb&eacute;m a cidades vizinhas, com participa&ccedil;&atilde;o ativa da comunidade local. Nunca houve um momento melhor para visitar Leeuwarden e regi&atilde;o.</p>
<p style="text-align: justify;">Ao reunir artistas, cientistas, agricultores, fris&otilde;es e visitantes com boas ideias, a Capital Europeia da Cultura pretende moldar o mundo como uma comunidade colaborativa aberta (ou&nbsp;"iepen mienskip", como &eacute; conhecido localmente na regi&atilde;o). Milhares de fr&iacute;sios est&atilde;o envolvidos na programa&ccedil;&atilde;o, que emergiu de um movimento popular. Novas perspectivas de artistas internacionais levaram a um programa internacional que abra&ccedil;a um sentimento de comunidade e comunh&atilde;o.</p>
<p style="text-align: justify;">O programa completo consiste em mais de 60 eventos principais e centenas de projetos comunit&aacute;rios, os&nbsp;Mienskip,&nbsp;divididos em quatro temas:</p>
<p>&nbsp;1. Atreva-se a sonhar: projetos que nos encorajam a sonhar grande;<br />&nbsp;2. Atreva-se a agir: projetos que destacam a transforma&ccedil;&atilde;o para um mundo mais sustent&aacute;vel;<br />&nbsp;3. Atreva-se a ser diferente: projetos que promovam a diversidade cultural;<br />&nbsp;4. Realeza Fr&iacute;sia: as joias e os her&oacute;is locais da Fr&iacute;sia.</p>
<p><strong>Os destaques da programa&ccedil;&atilde;o incluem:</strong></p>
<p style="text-align: left;"><strong><img style="float: left;" src="https://revistazelo.com.br/public/backend/midias/tinymce/Trends%20-%20Noivas/Mata%20Hari%20in%20Fries%20Museum%20-%20high_rgb_3126.jpg" alt="(Foto: Divulga&ccedil;&atilde;o)" />Mata Hari – Museu da Fr&iacute;sia<br /></strong>Um s&eacute;culo ap&oacute;s sua morte, o Museu da Fr&iacute;sia apresenta a maior exposi&ccedil;&atilde;o dedicada &agrave; vida de Mata Hari, dan&ccedil;arina holandesa condenada &agrave; morte por espionagem. Objetos pessoais, fotografias, &aacute;lbuns de fotos, cartas e registros militares v&atilde;o apresentar o visitante a Margaretha Zelle, a menina por tr&aacute;s do mito Mata Hari. Viaje com ela de Leeuwarden, sua cidade natal, para as &Iacute;ndias Orientais Holandesas, atual Indon&eacute;sia, e saiba mais sobre sua fama nos teatros de dan&ccedil;a parisienses e como se envolveu em uma teia de intriga durante a Primeira Guerra Mundial, que resultou na sua pris&atilde;o. At&eacute; 2 de abril de 2018.</p>
<p style="text-align: left;"><img style="display: block; margin-left: auto; margin-right: auto;" src="https://revistazelo.com.br/public/backend/midias/tinymce/Trends%20-%20Noivas/Escher%20-%20high_rgb_6872.jpg" alt="(Foto: Divulga&ccedil;&atilde;o)" width="800" height="475" /></p>
<p style="text-align: justify;"><strong>A Jornada de Escher &ndash; Museu da Fr&iacute;sia<br /></strong>O trabalho do artista gr&aacute;fico Maurits Cornelis Escher &eacute; particularmente ic&ocirc;nico e faz parte da mem&oacute;ria coletiva da popula&ccedil;&atilde;o mundial. Quem n&atilde;o est&aacute; familiarizado com as ilus&otilde;es de &oacute;tica envolvendo p&aacute;ssaros, salamandras, escadas e cubos?&nbsp;<a href="https://www.holland.com/global/tourism/discover-holland/arts-culture/leeuwarden-friesland-2018/eschers-journey.htm" target="_blank" data-saferedirecturl="https://www.google.com/url?hl=pt-BR&amp;q=https://www.holland.com/global/tourism/discover-holland/arts-culture/leeuwarden-friesland-2018/eschers-journey.htm&amp;source=gmail&amp;ust=1509187382541000&amp;usg=AFQjCNFDCQOkosQ10MkiURlPMxBJCJrLRg">A Jornada de Escher</a>&nbsp;ser&aacute; uma extensa exibi&ccedil;&atilde;o do trabalho do mago da perspectiva, que nasceu em Leeuwarden. De 28 de abril a 28 de outubro de 2018.</p>

Deixe um comentário


Confira também