Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Via Liberdade: rota que passará pelos estados do RJ, MG, GO e o DF reunirá as belezas naturais e a história da BR-040

Percurso turístico-cultural contará com mais de 1.000 quilômetros de extensão
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Em Goiás, a rota Via Liberdade será composta por cidades históricas como Jaraguá, Corumbá, Santa Cruz, Pirenópolis e Cidade de Goiás (Reprodução/vialiberdade.com.br)

Na semana do Bicentenário da Independência do Brasil, um novo trajeto turístico e cultural que irá interligar as belezas, as histórias, a cultura e a arte de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal, terá seu decreto assinado nesta terça-feira (26/04). O evento, que marca o lançamento oficial da Via Liberdade, acontece no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte (MG), e contará com a presença de representantes de todos os Estados participantes no projeto. A cerimônia será transmitida ao vivo a partir das 17h pelo canal da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais no Youtube.

Na ocasião, o Estado de Minas recebe os manuscritos dos quatro mais importantes hinos brasileiros: da Independência, Nacional, da Bandeira e da Proclamação da República.  Todo esse acervo ficará em exposição inédita, a partir de terça-feira, no Palácio da Liberdade. Também integram exposição composições históricas, como o Hino da Feliz Aclamação de D. João VI e a Estrela do Brasil.

Goiás integra a Rota Via Liberdade por meio de cidades históricas como Jaraguá, Corumbá, Santa Cruz, Pirenópolis e Cidade de Goiás, que a partir da descoberta das minas, por volta do ano de 1726, impulsionou o povoamento dessa porção do país que, até 1744, pertencia à capitania de São Paulo.

Para o secretário de Estado de Cultura, César Moura, as transformações sociais e políticas brasileiras influenciaram a cultura de Goiás. “A chegada dos trilhos da ferrovia em solo goiano, percorrendo diversas cidades como Catalão, Ipameri, Pires do Rio, Orizona, Urutaí, Vianópolis, Silvânia, Leopoldo de Bulhões, Anápolis e Goiânia foi fundamental para o desenvolvimento dessas cidades e regiões próximas”, ressalta César.

A superintendente de Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico da Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás), Tânia Mendonça, explica que a construção da nova capital, Goiânia, na década de 1930, impulsionou a modernização do Estado no campo da arquitetura e das artes. “Em Goiás, passado e presente, estão conectados por atrativos turísticos naturais, culturais, históricos, simbólicos e religiosos, evidenciando as heranças indígenas, africanas e europeias do povo goiano em casas, igrejas, museus, espaços culturais e festas populares”.

A Via Liberdade

Lançado em outubro de 2021, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o acordo de cooperação técnica foi assinado pelos governos de Minas, do Rio de Janeiro, de Goiás e do Distrito Federal, representados pelos respectivos secretários de Estado de Cultura e Turismo. O percurso em destaque inclui patrimônios da humanidade, paisagens entre montanhas e mar, cidades imperiais, natureza exuberante, horizontes, capitais, metrópoles, comidas típicas, tradições, sertão, arte e contemporaneidade.

A Via Liberdade é uma das principais ações previstas no programa Reviva Turismo da Secult-MG. Serão trabalhados três eixos de ações, de forma conjunta, pelos estados e DF, sendo de estruturação, sinalização e promoção dos roteiros e destinos turísticos. Inicialmente, o Via Liberdade será trabalhado para ser percebido pela própria população inserida no roteiro, para depois no país como um todo.

Dentre as ações propostas, estão a realização de encontros direcionados a pesquisadores, artistas e especialistas com temas relacionados aos marcos da história do Brasil; a celebração do bicentenário da Independência do Brasil; a promoção de destinos estratégicos do projeto; seminários sobre patrimônio e turismo; atividades de marketing de destino como apoio à comercialização dos territórios envolvidos junto a agências e operadoras; a utilização de portais do turismo e redes sociais para potencializar o turismo virtual; participação em feiras e eventos nacionais e internacionais e parcerias estratégicas com setor público, privado e entidades representativas do turismo.

(Foto: Carmel Arquelau/Unsplash)

Serviço:
Lançamento da Via Liberdade
Data:
26/04/2021
Horário: 17h
Transmissão: Canal da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais no Youtube.