Vai viajar sozinho em 2023? Confira 5 destinos para se aventurar

Opções incluem férias de bem-estar, passeios por ilhas, mergulho com snorkel e estadias urbanas

Para quem deseja praticar o amor-próprio e a autoapreciação e dedicar um tempo maior à própria companhia em 2023, não há melhor maneira do que viajar sozinho. Para te ajudar na escolha do destino, confira cinco sugestões que são altamente recomendados por viajantes da Booking.com e perfeitos para quem deseja abraçar sua independência e explorar novos lugares por conta própria. As opções são infinitas e incluem férias de bem-estar, passeios por ilhas, mergulho com snorkel e estadias urbanas.

Viagem urbana em Liverpool, Reino Unido

Viajar sozinho
Rio Mersey, Liverpool (Foto: Phil Kiel/Unsplash)

Conhecida pelos Beatles, pelo estádio de futebol Anfield e pelo Rio Mersey, Liverpool está cheia de “scousers” (como são chamados os moradores locais) acolhedores e oferece atividades interessantes – um ambiente perfeito para viajantes individuais. É possível visitar o vibrante Cavern Club, um antigo bar de jazz que se tornou o berço da música pop britânica e, para ter uma visão dos bastidores do Abbey Road Studios e fazer uma viagem no Yellow Submarine, uma dica é visitar a exibição The Beatles Story, dedicada à famosa banda de rock.

O programa de revitalização urbana em andamento e a orla renovada da cidade estão transformando seu antigo centro em um dos destinos mais agradáveis e adaptados para ciclistas no norte da Inglaterra. O viajante pode pedalar pelos parques e mergulhar na herança cultural da cidade, que inclui seus muitos edifícios tombados e duas grandes catedrais, a antiga e a nova. Um passeio pelo Georgian Quarter apresenta uma amostra bem preservada do passado, com suas belas casas geminadas e ruas charmosas repletas de pubs históricos. Uma outra opção é a região industrial-chique Baltic Triangle, que possui excelentes tavernas de cerveja artesanal e é outro ótimo lugar para conversar com os moradores locais.

Onde se hospedar: O Titanic Hotel Liverpool está localizado à beira-mar e abriga o Rum Bar nas docas. Além disso, a acomodação também conta com o The Rum Warehouse, um espaço de exposições e banquetes que oferece oportunidades para viajantes solo interagirem com amigáveis “scousers”. Essa estadia elegante e espaçosa, que já foi um antigo armazém, conta com elementos originais, como tijolos expostos e tetos em arco. O hóspede pode relaxar no spa subterrâneo Maya Blue, um santuário de bem-estar completo com piscina de hidroterapia e sauna a vapor. Uma outra opção é saborear um jantar no Stanley’s Bar and Grill.

Mergulho com snorkel em Ko Ngai, Tailândia

Viajar sozinho
(Foto: Humphrey Muleba/Unsplash)

Com praias de areia branca, águas cristalinas e palmeiras, o Ko Ngai é um destino ao longo da costa sul de Andaman, onde viajantes solo vão descobrir um fascinante mundo subaquático com vida marinha tropical. Rodeada por corais, essa pequena ilha densamente arborizada faz parte do Parque Nacional de Koh Lanta. O local é um paraíso secreto para quem quer curtir a praia na própria companhia, enquanto relaxa em uma rede e aproveita a água. Os recifes de coral ao longo da costa da ilha são um lugar perfeito para praticar mergulho com snorkel ou cilindro e observar as diferentes espécies de peixes.

Outras atividades famosas oferecidas na região incluem caiaque e stand-up paddle. Nesse destino fora dos circuitos habituais, onde não há estradas ou grandes lojas por perto, é possível desfrutar de passeios em um barco e conhecer as ilhas vizinhas de Koh Mook, com sua famosa Caverna Esmeralda, e Koh Kradan, com outros recifes de coral.

Onde se hospedar: Localizado na tranquila praia de Koh Ngai, o Thanya Beach Resort é um hotel à beira-mar que oferece bangalôs de madeira tradicionais tailandeses elegantes. Situado em meio a jardins e florestas tropicais, o local oferece piscina e um bar descontraído, onde o viajante pode conhecer outras pessoas. Atividades aquáticas em grupo, como mergulho com snorkel ou cilindro e passeios de barco, estão disponíveis e é possível participar de excursões para as ilhas próximas e ir às compras. Há também um restaurante que serve pratos tradicionais e frutos do mar de fusão tailandesa, juntamente com uma seleção de vinhos tailandeses de Monsoon Valley.

Retiro de ioga em Bad Füssing, Alemanha

Viajar sozinho
(Foto: Benjamin Child/Unsplash)

Encontrar um refúgio relaxante para a mente e o corpo pode ser uma ótima opção na hora de escolher por viajar sozinho. Bad Füssing é uma cidade termal famosa no distrito de Passau, na Baviera. É o lugar perfeito para as pessoas que viajam sozinhas em busca de uma pausa de bem-estar e relaxamento profundo em um ambiente idílico. Por lá, é possível escolher entre uma ampla seleção de aulas de ioga e retiros disponíveis, incluindo práticas de yin e vinyasa, em níveis que vão do iniciante ao avançado.

Uma dica é mergulhar os músculos nos banhos termais curativos pelos quais essa cidade é famosa e aproveitar os benefícios para a saúde que a água mineral quente proporciona. Ou, ainda, mexer o corpo durante um passeio a pé ao longo do Rio Inn em Passau, que percorre as vielas históricas da cidade romana de Passau, situada a um curto trajeto de carro e aproveitar para explorar suas duas pontes, a Catedral de Santo Estêvão, de estilo barroco, e o antigo Palácio do Bispo.

Onde se hospedar: Situado em meio a uma vegetação exuberante, o Mühlbach Thermal Spa Romantik Hotel é uma estadia de bem-estar para viajantes individuais. A acomodação possui um spa termal grátis com piscinas cobertas e ao ar livre, sauna finlandesa e banheira de hidromassagem. O hóspede pode aproveitar as aulas diárias de ioga da acomodação, com opções de massagens, tratamentos e esfoliações corporais, além do relaxamento proporcionado pelas fontes termais no local. Acredita-se que respirar o ar na mina de sal do spa tem um efeito calmante e curativo no corpo, que ajuda a reconectar e revitalizar. À noite, vale a pena saborear deliciosos pratos tradicionais da Baviera e socializar em um bar com menus de coquetéis e vinhos.

Natureza em Búzios, Brasil

Viajar sozinho
Mirante João Fernandes, Búzios (Foto: Wellington Rocha/Unsplash)

Para quem gosta de natureza, não há lugar melhor para viajar sozinho do que em meio a colinas e morros cheios de belezas naturais em Búzios, situado em uma península oceânica a leste do Rio de Janeiro. Esse balneário chique é repleto de boutiques, restaurantes elegantes e pousadas de luxo.

Existem inúmeras maneiras de se conectar: o viajante pode fazer um passeio tranquilo ao longo do calçadão de madeira em direção à Praia de João Fernandes, apreciando as casas coloridas e estátuas de bronze de figuras históricas. Ao fim da caminhada, uma boa pedida é aproveitar para nadar nas três pequenas enseadas e também é possível fazer um passeio de barco em Búzios pelas águas azul-turquesa ao redor da península. Atividades cheias de adrenalina, como trekking e mergulho com cilindro, são bastante procuradas e revelam a singularidade da fauna e flora da região.

Onde se hospedar: A Abracadabra Pousada é uma pousada luxuosa, arejada e em tons claros, localizada no topo de uma falésia, com vistas incríveis da baía principal a partir de sua piscina de borda infinita. A uma curta caminhada do centro de Búzios e suas praias, o hóspede pode se divertir no terraço e pedir um coquetel do mixologista residente no bar. Essa pousada, com decoração rústica e minimalista, tem o selo Viagem Sustentável da Booking.com graças aos seus esforços em prol da sustentabilidade. Entre as suas iniciativas estão a culinária de origem local no restaurante Místico, da casa, e o empréstimo gratuito de bicicletas para os hóspedes conhecerem a natureza ao redor.

Passeio pelas Yaeyama Islands, Japão

Viajar sozinho
(Foto: Divulgação)

Há muitas maneiras para conhecer uma ilha. No entanto, para quem quer visitar mais de um destino e conhecer diferentes culturas, tradições e culinárias, fazer um passeio que inclui a visita a diversas ilhas é uma excelente maneira de explorar mais em uma jornada solo. As remotas Yaeyama Islands são um paraíso escondido a sudoeste de Okinawa. Elas são famosas por suas lindas praias, pôr do sol e paisagens de cana-de-açúcar em tons de verde-claro. Com algumas das melhores selvas subtropicais e manguezais do país, as ilhas também oferecem o melhor mergulho com snorkel e cilindro do Japão.

Outra característica das Yaeyama Islands é a facilidade com que é possível explorá-las para descobrir sua diversidade. Serviços de balsa frequentes circulam entre a cidade de Ishigajo e as ilhas próximas, permitindo ao viajante visitar três ou quatro em uma viagem. Recomenda-se usar a ilha de Kohama como base e desfrutar de passeios bate e volta para as ilhas vizinhas de Taketomi e Ishigaki.

Onde se hospedar: Haimurubushi é o resort mais ao sul do Japão, situado na remota ilha de Kohama. Com vista para o mar, essa acomodação com acesso direto à praia é o local ideal para praticar o autocuidado. O hóspede pode relaxar junto à piscina ou mimar-se com uma ampla variedade de tratamentos no spa de primeira classe, adaptados à filosofia do hotel de recuperação e reequilíbrio. O resort também possui um restaurante personalizado que oferece comida tradicional japonesa centrada em “nuchi gusui”, que significa medicina para a vida. Conta ainda com atividades organizadas por guias locais, como experiências de cura, esportes aquáticos e aventuras de buggy pela ilha.

Deixe um comentário


Confira também