Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Grupo goiano ingressa no mercado de fracionados em Gramado

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Golden Gramado Resort Laghetto

Um pedacinho da Europa no Rio Grande do Sul, Gramado é hoje o principal destino turístico do Estado e o quarto do Brasil, recebendo anualmente cerca de 6 milhões de turistas. De olho nesse potencial, a WAM Brasil, empresa da holding W Palmerston, entra no mercado gaúcho lançando neste ano R$ 475 milhões em Gramado, no Golden Gramado Resort Laghetto, no próximo dia 16 de fevereiro.

A WAM Brasil, pioneira e líder no mercado de comercialização de cotas imobiliárias no País, leva para Gramado a proposta de um sonho possível com a modalidade de apartamentos compartilhados. São unidades com metragem acima da média, 40m², e ampla área de lazer, com projeto de alta qualidade. O sócio-diretor da WAM Brasil André Ladeira comenta que o conceito de compartilhamento tem como objetivo democratizar o produto para diversas classes: “É um conceito inteligente porque se paga apenas pelo que se utiliza”.

O Golden Gramado Resort Laghetto terá 345 apartamentos autônomos na modalidade apart-hotel e sete unidades comerciais divididos em seis blocos de sete pavimentos mais área de lazer com quatro piscinas aquecidas, hidromassagem, ambientes molhados com minibar e solarium, lounge com lareira, cinema/teatro, adega e pub com vista panorâmica, além de academia completa profissional, totalizando uma área construída de mais de 35 mil m². O empreendimento leva a marca de maior referência em hospitalidade do ramo hoteleiro da Serra Gaúcha, a Laghetto Hotéis, e tem assinatura da WAM Brasil, empresas da holding W Palmerston; ABL Prime; Construtora PRG e Athivabrasil.

Golden Gramado Resort Laghetto

“Dados da Secretaria Municipal de Turismo mostram que 10% dos imóveis de Gramado pertencem a pessoas que não moram lá, o que demonstra a demanda crescente por residências de férias. Além disso, cerca de 80% do PIB da cidade é proveniente do turismo”, afirma o empresário Waldo Palmerston Xavier, presidente da holding W Palmerston.