Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Empresa goiana produz pedidos de casamento inovadores

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O advogado Frederico Rodrigues pedindo a mão de sua namorada, a também advogada Christiane Leite, no Parque Vaca Brava (Foto: Divulgação)

A hora do pedido de casamento é sempre um momento inesquecível para o casal. Como e onde fazer? De que forma ser inovador?

Para dar uma forcinha nessa tarefa, surgiram empresas especializadas em organizar pedidos de noivados. Cada vez mais alta, a moda já conquistou Goiânia, onde a prática já é conhecida e os clientes oficializam a cerimônia com sucesso e inovação.

Já se imaginou indo em busca de um tesouro e no fim descobrir que será pedida em casamento? E o melhor, já pensou ter alguém que executasse todo o trabalho para que a ocasião fosse perfeita? Foi assim que os noivos Frederico Rodrigues, 28 anos, e Christiane Leite, 25 anos, ambos advogados, vivenciaram o momento mais emocionante do relacionamento: a decisão de passar o resto de suas vidas unidos. No meio disso, um plano romântico, elaborado nos mínimos detalhes com a ajuda de uma empresa especializada em pedidos de casamentos em Goiânia, a Conquistando o Sim.

A história de amor do casal começou há 8 anos, como uma verdadeira “luta” pela conquista do coração de Christiane. “Quando conheci a Christiane, foi amor à primeira vista e ali começou uma saga. Fiquei horas na porta do trabalho dela trocando olhares, até que tomei coragem e deixei um cartão, onde trocamos telefones. Recordo que esperei três dias para mandar mensagem para ela e desde então estamos juntos. Saímos muitas vezes e o lugar que marcou a nossa união foi o Parque Vaca Brava”, conta Frederico, sorridente.

Após alguns anos de namoro, ele decidiu pedir a namorada em noivado, mas de uma forma inusitada, inventando um “Quiz para casais”, onde ela precisaria responder perguntas para participar. Por fim, a última etapa da “prova” contou com a presença de familiares reunidos no Parque Vaca Brava. Em um tablet, um vídeo do casal foi exibido e então veio o pedido oficial “Quer casar comigo?”.

Pela internet, o advogado encontrou uma empresa especializada em assessorar pedidos de casamento, a Conquistando o Sim. Segundo ele, a surpresa saiu melhor que o planejado. “A minha ideia era fazer a Chris percorrer a cidade inteira atrás das pistas. Eu já tinha tudo planejado e contei com a ajuda da Luisa [Antunes], proprietária da Conquistando o Sim. Levamos três meses para organizar as metas e orçamentos e em duas semanas, tudo estava pronto. A ajuda da empresa foi realmente indispensável”, conta.

Novidade

Luisa Antunes, idealizadora do Conquistando o Sim (Foto: Divulgação)

A modalidade de contratar empresas específicas para promoção de cerimônias é tradição em países como a Inglaterra e os Estados Unidos. Sempre muito romântica, a empresária Luisa Antunes, 28 anos, decidiu criar uma empresa virtual, após assistir a um programa da televisão inglesa, Discovery Home and Health, que mostrava o trabalho de uma agência de pedidos de casamentos. A partir disso, a empresária decidiu trabalhar ajudando pessoas a realizarem os muitos sonhos de amor.

Desde 2017 atuando no mercado, Luisa conta que a empresa virtual atende não só casais em Goiânia, mas de todo o Brasil. Segundo a empresária, graças à internet e uma crescente procura por esse tipo de serviço, a divulgação do negócio foi totalmente graças à demonstração do que era uma assessoria de noivados. “O primeiro pedido de noivado que realizei foi gratuito, onde fizemos as fotos e filmagens, com o propósito de divulgar o meu trabalho por meio da plataforma online e das redes sociais” ressalta.

Para a idealizadora da Conquistando o Sim, o procedimento para organizar um pedido surpresa de casamento precisa ser bem trabalhado e não pode haver falhas, pois a expectativa do noivo(a) é grande. “O cliente às vezes me procura com uma ideia mais ou menos elaborada sobre o que deve ser feito. Sempre faço reuniões, buscando centralizar esses pensamentos, para que ele tenha o mínimo de trabalho possível. Partindo disso, levantamos os custos e finalmente damos o play no mãos à obra’”.

Segundo ela, alguns noivos chegam com a vontade de oficializar a união, porém sem nenhuma norte ou sugestões. “Quando isso acontece, eu providencio uma entrevista com meu cliente. Trocamos ideias, descubro quem é a pessoa, o que eles gostam de fazer no lazer, para conhecer ele mesmo. Então, organizo tudo, formulo três tipos de propostas e apresento para ele. A partir daquela que for de seu agrado, idealizamos o projeto”, finaliza.