Carnaval jazzístico em cidade serrana do Ceará chega à 10ª edição

Há dez anos o carnaval em uma pequena cidade na região montanhosa do Ceará tem uma sonoridade diferente. Nas ruas e palcos de Guaramiranga, ao invés dos ritmos tradicionais que marcam o período em todo o país, cantores, guitarristas e outros tantos músicos brasileiros e estrangeiros pegam a estrada e sobem as curvas do Maciço de Baturité para o Festival Jazz & Blues. São quatro dias de programação na serra, a 865 metros de altitude, e mais três no litoral, em Fortaleza, depois da pausa na quarta-feira de cinzas.

Com menos de 6 mil habitantes, localizada há pouco mais de 100 Km da capital cearense, Guaramiranga é, durante todo o ano, um refúgio para quem quer trocar o calor e o sol das praias pelo aconchego dos sítios e pousadas, cercadas pela riqueza da mata atlântica preservada, com sua rica flora e banhada de cachoeiras. O clima ameno, que torna indispensável o uso de um casaco à noite, convida para um bom vinho e para a boa gastronomia alemã, italiana ou francesa dos cafés e os restaurantes locais. Em 2008 a cidade foi eleita pela revista Viagem e Turismo como a segunda mais romântica do país.

É nesse cenário que desde 2000 acontece o Festival Jazz & Blues em pleno período carnavalesco, atraindo um público que triplica a população da cidade. Pelos palcos do festival já passaram importantes nomes da música instrumental, do jazz e do blues respeitados no Brasil e mundo afora.

Deixe um comentário


Confira também