Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Vacina contra a fome: em Aparecida, drive-thrus de vacinação terão postos de coleta de alimentos para doação voluntária

Iniciativa abre oportunidade para a população que está se vacinando contribuir com as famílias mais afetadas pela pandemia; doando ou não, a pessoa recebe a vacina contra Covid-19
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Wigor Vieira/Prefeitura de Aparecida de Goiânia)

Para impulsionar a entrega de cestas básicas a famílias mais afetadas, economicamente, pela pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Aparecida inicia na próxima segunda-feira (5) a campanha solidária “Vacina contra a fome”. A iniciativa busca arrecadar alimentos não perecíveis nos drive-thrus de vacinação da Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela e do Aparecida Shopping. A ideia é que, por vontade própria, quem for receber a dose da vacina e sinta a vontade de ajudar famílias de Aparecida em alta vulnerabilidade social, possa aproveitar a ida ao posto de vacinação para levar as doações.

Idealizadora da campanha, a Prefeitura de Aparecida esclarece que a entrega dos donativos é voluntária. Portanto, levando ou não alimentos, a pessoa que faz parte do grupo prioritário receberá a vacina contra Covid. Para recebimento das doações, serão instalados contêineres nos dois drive-thrus. Podem ser doados alimentos não perecíveis em unidades avulsas ou a cesta básica completa.

O horário para entrega das doações no drive-thru da Cidade Administrativa (que aplica a 1ª dose) é de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h. No drive do Aparecida Shopping (reservado para a 2ª dose), os alimentos não perecíveis podem ser entregues também de segunda a sexta, das 8h às 17h. São os mesmos horários da vacinação.

Os donativos serão entregues à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) que fará a distribuição das cestas e alimentos. Titular da pasta, a primeira-dama e secretária Mayara Mendanha compartilha que, com o agravamento da pandemia, tem se multiplicado na Semas os pedidos por cestas básicas.

“Infelizmente, é cada vez maior o número de pessoas que tinham renda para se manter e suprir os seus lares, mas que, em função da pandemia, perderam o ganha-pão e passaram a depender de doações. É uma situação muito triste, que demanda bastante a nossa solidariedade e empatia. Precisamos nos unir. Não podemos admitir a ideia de ter famílias ao nosso lado acordando sem saber se vão ter o que comer hoje”, ressalta Mayara Mendanha.

A ação solidária continuará durante toda a campanha de imunização contra a Covid-19.

Gesto solidário

A campanha Vacina contra a fome é mais um desdobramento da corrente solidária desencadeada pelo prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha. Depois que ele anunciou que doaria todo o seu salário de março para comprar cestas básicas e doá-las as famílias de Aparecida, secretários municipais e servidores da Prefeitura de Aparecida também se mobilizaram.

Foram montados postos de arrecadação de alimentos não perecíveis em todas as secretarias da administração. Os servidores, então, começaram a contribuir doando, na maioria das vezes, cestas básicas completas. Os alimentos doados tanto pelos servidores quanto pelas pessoas que se vacinarão nos drive-thrus serão destinados à Secretaria de Assistência Social de Aparecida.

A Secretaria repete neste ano a mobilização feita em 2020 para amparar as famílias afetadas na primeira onda de Covid. “Tenho certeza que, com a colaboração de todos, incluindo aí os empresários da nossa cidade, vamos superar as milhares de cestas básicas que distribuímos às famílias no ano passado”, encerra a secretária Mayara Mendanha.