Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Governo de Goiás promove Dia “V” de Vacinação contra Covid-19 neste sábado (19)

Mobilização contará com 750 postos espalhados pelo Estado, com atenção especial à proteção infantil
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Mufid Majnun/Unplash)

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), e em parceria com os 246 municípios do Estado, realiza, neste sábado (19), o Dia “V” de Vacinação contra a Covid-19. A ação é mais uma estratégia para aumentar a cobertura vacinal no território goiano, com foco principalmente no público infantil. Isso porque a mais recente atualização no Painel Covid-19, gerido pela pasta, aponta a intensificação de internações e mortes entre a população não vacinada ou com esquema vacinal incompleto.

Como mostra o painel, que contempla informações referentes aos últimos 28 dias obtidas em hospitais públicos, privados e filantrópicos, entre pessoas acima dos 60 anos de idade, a taxa de internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) a cada 100 mil habitantes é de 703,92 entre quem não se vacinou ou ainda não completou o esquema de imunização. Na mesma faixa etária, o número cai para 97,51 entre quem completou o esquema primário e despenca para 38,72 entre pessoas com o reforço em dia. Sendo assim, atrasados e não vacinados somam 18 vezes mais entradas em UTIs em comparação com pessoas completamente imunizadas.

Em relação às mortes, o número medido notado entre pessoas acima dos 60 anos não vacinadas ou com esquema incompleto é de 431,08, exatamente 6,9 vezes maior do que entre quem conta com o esquema primário concluído (62,29) e 17 vezes maior na comparação com aquelas que já tomaram a dose de reforço (17,17). Já entre adultos de 18 a 59 anos, o número de internações em UTI (13,10) e de mortes (3,74) foi 6,2 e 13,35 vezes maior, respectivamente, do que entre os totalmente imunizados (2,09 para internações e apenas 0,28 para mortes).

A vacinação é a melhor estratégia para se proteger neste momento de expansão dos números, em virtude da variante Ômicron. A mobilização para o Dia “V” de Vacinação irá ocorrer das 8h às 17h, em 750 postos em todo o Estado. Serão 1.250 profissionais de saúde recebendo goianos e goianas ao longo do dia. “Vamos vacinar. Pais, levem suas crianças de 5 a 11 anos para que possam ter a imunização. Faremos esse grande mutirão, o dia “V”, dia da vacina, dia da vida. Espero vocês lá para fazer o maior número de vacinações e salvar nossas crianças”, convoca o governador Ronaldo Caiado.

Cerca de um milhão de goianos e goianas não receberam nenhuma dose de proteção contra a Covid-19 e 819.823 ainda não voltaram para tomar a segunda aplicação. Estão para receber o reforço 1.957.061 pessoas. Por causa do impacto comprovado da cobertura vacinal completa, o atraso no reforço e a baixa vacinação das crianças são motivos de alerta, segundo a SES. Todos os municípios goianos foram abastecidos com vacinas suficientes para promoção do Dia “V”. Ao todo, foram disponibilizadas doses para imunizar 58% das crianças de 5 a 11 anos. Do público infantil apto a ser vacinado com a primeira aplicação, que soma 726.580 crianças e adolescentes, 157.501 já procuraram a dose a que tem direito, valor que representa 21,67% de cobertura da faixa etária.

A estratégia do dia “V” é facilitar o acesso dos pais que não podem levar os filhos aos postos durante a semana. Entretanto, a população geral, incluindo adolescentes e adultos, pode procurar as salas para iniciar o esquema com a primeira dose ou ainda atualizar com a segunda ou o reforço. Com mais pessoas imunizadas, a SES espera reduzir casos graves, internações e mortes, diminuindo também eventuais sobrecargas nos sistemas de saúde.

As vacinas utilizadas são seguras e sustentadas por estudos científicos realizados ao redor do mundo, mostrando que os imunizantes liberados são eficazes. As crianças de 5 a 11 anos poderão tomar a vacina pediátrica Comirnaty, do laboratório Pfizer, formulada especialmente para o público infantil. Na faixa etária de 6 a 17 anos será administrada ainda a Coronavac/Sinovac, do Instituto Butantan, a mesma usada para adultos.

Para o Dia V, o Governo de Goiás tem distribuído vacinas de modo sistemático a todas as cidades goianas, que podem ser utilizadas conforme as faixas etárias. Os municípios foram orientados a reservar doses para realizar a segunda aplicação e, assim, completar a imunização. O intervalo é de oito semanas para quem tomar a Comirnaty/Pfizer e de 28 dias para a Coronavac/Sinovac, do Instituto Butantan. O objetivo é garantir a imunização completa dessa população.

Serviço:
Governo de Goiás promove Dia “V” de Vacinação contra Covid-19
Quando:
 Sábado (19/02), das 8h às 17h
Onde: 750 postos espalhados por todo o Estado de Goiás