Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

5 benefícios da prancha isométrica

Educadora física e bailarina, Anninha Martins, explica como realizar o exercício da maneira correta
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Foto: Divulgação

A prancha abdominal é um exercício que trabalha diferentes grupos musculares, desde o core até ombros, costas, braços e glúteos. Prática, simples e eficiente, é uma postura que pode ser realizada em qualquer lugar, como em academias e/ou no conforto de nossa casa.

Abaixo, a educadora física e bailarina, Anninha Martins, explica alguns dos benefícios que a prancha traz ao corpo, quando executada regularmente:

  • Desenvolve a memória cognitiva: o indivíduo consegue assimilar qual é o alinhamento correto da coluna;
  • Previne lesões posturais, como cifose e hérnia de disco;
  • Funciona como uma analgesia de dores e/ou lesões já existentes;
  • Fortalece o core; toda a cadeia anterior e posterior;
  • Possibilita gasto calórico, de acordo com as individualidades biológicas.

A educadora física ainda compartilha algumas dicas para que o exercício seja realizado da maneira correta:

  • Os cotovelos devem estar posicionados na linha dos ombros – ambas as mãos unidas, formando um “V”;
  • Os pés devem estar unidos com apoio da meia ponta ou do dorso dos pés – vai depender do fortalecimento do core da pessoa;
  • O tronco deve estar no sentido horizontal, com a contração dos glúteos para estabilizar o quadril;
  • Lembre-se de sempre aprofundar e tonificar o abdômen;
  • A posição da cabeça segue a cervical (é importante não soltar o pescoço);
  • O peso do corpo deve ficar nos braços (isso vai ajudar a permanecer na posição por mais tempo).