OAB-GO e Sebrae abrem inscrições para 2ª turma do projeto “Incubadora de Novos Escritórios”

Programa agora se expande com a interiorização, alcançando sete cidades do estado de Goiás
OAB-GO e Sebrae
(Foto: Divulgação)

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) anunciaram na noite desta segunda-feira (13), a abertura das inscrições para a segunda turma do projeto “Incubadora de Novos Escritórios”. O programa que veio com o objetivo de fortalecer empreendedorismo na advocacia, agora se expande com a interiorização, alcançando sete cidades do estado de Goiás.

Até o dia 10 de julho, advogados e advogadas interessados em desenvolver suas próprias práticas jurídicas poderão se inscrever para participar da incubadora. O objetivo é proporcionar suporte e capacitação para a criação e crescimento de novos escritórios de advocacia.

Nesta edição, o programa contará com sete polos distribuídos estrategicamente pelo estado; são eles:

  1. Goiânia: 10 projetos incubados
  2. Anápolis: 5 projetos incubados
  3. Caldas Novas: 5 projetos incubados
  4. Porangatu: 5 projetos incubados
  5. São Luís de Montes Belos: 5 projetos incubados
  6. Itumbiara: 5 projetos incubados
  7. Luziânia: 5 projetos incubados
  8. Rio Verde: 5 projetos incubados

OAB-GO e Sebrae

O presidente da OAB-GO, Rafael Lara Martins, ressaltou que o empreendedorismo é um fator crucial que pode diferenciar advogados comuns de advogados destaque. “Na advocacia, o empreendedorismo pode ser o divisor de águas entre o comum e o extraordinário. Enquanto muitos advogados se limitam a seguir os caminhos tradicionais, aqueles que abraçam o espírito empreendedor têm a oportunidade de se destacar.”

“Empreender na advocacia significa inovar, buscar soluções criativas para os problemas dos clientes, e construir um escritório que não apenas presta serviços jurídicos, mas que também se torna um verdadeiro parceiro estratégico para seus clientes”, afirma o presidente da Seccional Goiana.

O diretor superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, celebrou o encerramento da primeira turma e o início de mais uma. “É gratificante ver a oportunidade que temos de dar continuidade a este projeto. Lembro-me bem de nossas conversas em novembro de 2022, onde o presidente, Rafael Lara, demonstrou uma determinação clara para promover uma ação que unisse o apoio ao empreendedorismo, que é justamente a missão do Sebrae, com a representação da classe de advogados, que é também a função da OAB. Esta colaboração é um marco importante para o fortalecimento da advocacia empreendedora em nosso estado de Goiás”, reconhece.

Impulsionando através do empreendedorismo

Um levantamento realizado pelo Sebrae Goiás abordou as necessidades e expectativas da advocacia empreendedora destacando a importância do empreendedorismo na prática da profissão. Os dados exibidos indicam a situação atual dos advogados em relação ao empreendedorismo.

Deixe um comentário


Confira também