Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Julia Gama é eleita Miss Brasil 2020

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Anunciada diretamente de Nova York pela Miss Universo 2019, Zozibini Tunzi, através de um vídeo, a escolhida para ser a Miss Brasil 2020 foi a gaúcha Julia Gama. A coroação aconteceu hoje, dia 20 de agosto, em uma cerimônia sem a presença de plateia, com todos os cuidados necessários para o momento, transmitida pelo Youtube U_MissBrasil. O evento contou somente com a participação de Roberto Macedo, apresentador, e Júlia Horta, Miss Brasil 2019.

A representante do país no Miss Universo foi indicada e escolhida por uma comissão formada por integrantes da Organização Miss Brasil, formado por Winston Ling, novo franqueado do concurso, Ricardo Godoy, o missólogo Roberto Macedo, além dos cineastas Débora Gobitta e Messina Neto. “Antes mesmo de eu ter assinado o contrato de franquia, já tinha iniciado o processo de escolha da nova Miss”, conta Ling. “Julia sempre foi minha escolha, porque ela representa o pacote completo para uma Miss”, afirma o empresário, completando que já a conhece desde 2017 e que desde 2013 já está familiarizado com o mundo Miss, participando de três concursos Miss Universo, de 2014 a 2016. “Posso garantir que Julia tem grande potencial de ser a Miss Universo”, afirma Ling.

Foi através do esporte que Julia desenvolveu seu espírito competitivo e de busca por excelência. Quando pequena, participava de campeonatos infanto-juvenis de patinação artística e um pouco maior passou pela prática de esportes como vôlei, judô e boxe.

Cursando três anos de engenharia química, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Julia se dedicou aos estudos e aos estágios, mas sentia que não estava usando todas as suas potencialidades. Julia nunca pensou que pudesse ser Miss, não usava salto alto e maquiagem e morria de vergonha de vestir biquíni. Mas, incentivada por uma amiga de infância, em setembro de 2010, mandou sua ficha no último dia de inscrição para o concurso A Mais Bela Gaúcha, a etapa estadual do concurso Miss Mundo Brasil.

Sem pretensão nenhuma Julia ganhou sua primeira faixa, de Miss Simpatia. Logo depois, chegou à final do concurso, entre as 3 finalistas e venceu. O que antes era uma brincadeira virou algo sério, agora ela era Miss Mundo Rio Grande do Sul e iria representar um dos estados mais tradicionais em concursos de beleza no Miss Mundo Brasil.

Para este processo, ela buscou apoio dos profissionais de referência em cada área que ela reconhecia precisar desenvolver e aprimorar. Durante um ano de preparação, viveu uma rotina incansável de aulas de inglês, oratória, teatro, atuação para TV e cinema, academia, treinamento de passarela e voluntariados.

Em agosto de 2014, Julia foi eleita Miss Mundo Brasil 2014 e representou o país no Miss World, o mais antigo concurso internacional de beleza do mundo. Após isso, seguiu se dedicando às causas sociais tanto no Brasil, quanto em outros países. Em 2016 se mudou para China para ser a imagem Internacional e a Spokesperson da marca Balican, e por lá ficou nos últimos três anos, período em que ela modelou para importantes marcas do mercado asiático e investiu na carreira de atriz.

Quando Winston Ling conseguiu a franquia do Miss Brasil, convidou Julia Gama, que não pensava mais em competir, mas depois de um sonho que teve com o Miss Universo, mudou de ideia. A oportunidade de ser coroada Miss Brasil coincidiu com as intenções de Julia de se posicionar artisticamente no país natal.