Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Guta Stresser recebe diagnóstico de doença, após buscar por atendimento médico ao cair na sala de casa

A atriz relata que passou a esquecer palavras básicas do dia a dia
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Guta Stresser - (Foto: via Instagram)
Guta Stresser – (Foto: via Instagram)

A atriz Guta Stresser, de 49 anos, que viveu a personagem Bebel, em “A grande Família”, revelou em entrevista como descobriu o diagnóstico de esclerose múltipla, doença crônica autoimune que tem como características inflamação e perdas neuronais.

Em depoimento para a VEJA, a atriz disse “Perdi o chão na mesma hora. Nem sabia direito o que era aquilo, só me afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante”. Segundo a atriz, os sintomas começaram em 2020, enquanto participava do programa ”Dança dos Famosos”, durante os ensaios começou a esquecer as coreografias assim que terminava, embora tivesse facilidade em memorar os movimentos.

“Mas meu quadro foi se agravando. Comecei a esquecer palavras bem básicas, como copo e cadeira. Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares”, completou a atriz. O diagnóstico veio após Guta cair na sala de casa e buscar atendimento médico.

“Sei que vou ter de conviver com a esclerose múltipla para o resto da vida. Que ela seja longa e plena. Cada dia que passa tem aquele gosto de uma pequena vitória”, relatou a atriz em palavras encorajadoras para quem convive com a doença.

Diversos amigos e artistas apoiaram Guta nas redes sociais, após o depoimento da atriz ir ao ar. “Força, coragem, pirraça e humor! Vai dar tudo certo”, desejou Ronaldo Fraga.

“Força, amada”, disse Zeze Motta. Já Natalia Lage pediu para Guta ter “força e fé” na caminhada contra a esclerose múltipla.