Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Governo de Goiás promove primeiro Feirão de Empregos voltado para a comunidade LGBTQIA+

Além de oportunidades de trabalho, será oferecido auxílio com a confecção de currículos e inscrições para cursos profissionalizantes
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Retomada, promove o primeiro Feirão de Empregos LGBTQIA+, nesta quarta-feira (2/2), na Vila Cultural Cora Coralina, das 8 às 17 horas, com oferta de oportunidades de trabalho e serviços oferecidos por parceiros da iniciativa. A ação foi organizada em parceria com o concurso TransMISSion, e conta com o apoio das secretarias de Estado de Saúde (SES), de Desenvolvimento Social (Seds) e de Cultura (Secult Goiás), com serviços gratuitos ao público.

As vagas ofertadas são de ampla concorrência, com mais de 1.500 oportunidades. Em uma ação afirmativa, a finalidade do evento é inserir e recolocar a população LGBTQIA+ no mercado de trabalho.

Além de oportunidades de trabalho, a Retomada também oferece auxílio com a confecção de currículos, além de inscrições para cursos profissionalizantes, via Colégio Tecnológico (Cotec), com turmas presenciais e on-line. São 18 opções de cursos de 40 horas cada. O objetivo é capacitar estes profissionais para as vagas de emprego disponíveis, proporcionando melhores condições de entrada no mercado de trabalho.

Servidores da SES orientarão interessados quanto ao processo transexualizador, realizado nos laboratórios TX do Estado de Goiás. Já a Seds oferecerá encaminhamento e isenção de taxas para retificação de nome e gênero no registro civil, além de orientação sobre o registro de denúncias contra LGBTfobia, em parceria com a Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO). Também explicarão sobre atendimento psicossocial oferecido pelo Centro de Referência Estadual da Igualdade (Crei), e divulgarão o questionário de pesquisa em andamento para levantamento sociodemográfico da população LGBTI em Goiás.

(Divulgação)