Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Fotógrafa goiana retrata violência contra a mulher em livro

Emoção, subordinação, denúncia da situação opressora e necessidade de superação e de resgate do amor próprio estão estampadas na obra de Iasmim Kudo
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Livro de fotografias “Reflete Em Mim”, de Iasmim Kudo, retrata e denuncia a violência contra as mulheres em suas mais diversas formas (Foto: Iasmim Kudo)

A violência contra as mulheres em suas mais diversas formas está estampada no livro “Reflete Em Mim”, da fotógrafa Iasmim Kudo, que será lançado nesta sexta-feira (25), às 19h30, no Café Biano. A obra traz uma série de fotografias que, por meio de elementos como corda, saco, corrente, garrafa quebrada, arame farpado, panos e maquiagem, retrata as dores de mulheres de diferentes idades e classes sociais que foram vítimas não apenas de agressões físicas, mas também de violência verbal e psicológica.

Mais do que contextualizar a violência contra a mulher de forma imagética, o trabalho usa de imagens e emoções para resgatar individualidades, denunciar a realidade de tantas mulheres que têm sua autoestima destruída pela violência, além de reforçar a luta contra a opressão e fortalecer a iniciativa de denúncia e de proteção à vulnerabilidade feminina. Além do mais, partindo da premissa de que a violência nem sempre produz resultados aparentes e sequer chega a ser percebida ou relatada por grande parte das vítimas, a obra pretende demonstrar o quanto a violência silenciosa e invisível é devastadora.

“Contextualizar, instigar e refletir se faz necessário em nuances para além da escrita. As imagens podem e devem falar. Como fotógrafa e mulher, queria dar visibilidade e enaltecer essa luta, transformando experiências fatídicas em imagens. A violência em todas as suas formas está estampada em cada semblante de aflição e agonia: física, psicológica, patrimonial e sexual. A conscientização cultural sobre a violência doméstica e a educação, como formas de construção de um pensamento crítico, podem criar e sustentar mudanças que devem acontecer em pensamento e ação se quisermos ver o fim dessa violência milenar contra as mulheres”, pontua a autora.

Para a noite de lançamento do livro, além de Iasmim Kudo, que há 10 anos é licenciada em Artes Visuais e há oito atua como fotógrafa de moda e publicidade, estarão presentes a violonista e professora de violino Luciana Sanches e também a psicóloga Luana Montes, que fará uma explanação sobre relações abusivas. Alguns exemplares também serão disponibilizados para venda no Café Biano, no valor de R$ 40. O projeto foi viabilizado pela Lei Aldir Blanc 2021, por meio do Edital de Artes Visuais, e tem produção executiva e assistência de produção artística assinadas pela Cereja do Cerrado Produções.

Fotógrafa Iasmim Kudo (Foto: Anabela Vinográdova)

Serviço:
Lançamento do livro “Reflete Em Mim”, da fotógrafa Iasmim Kudo
Data:
 25/03 (sexta-feira)
Horário: 19h30
Local: Café Biano – Rua T-55, nº 690, no Setor Bueno, Goiânia – GO